Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Daisypath Anniversary tickers "... E de novo acredito que nada do que é importante se perde verdadeiramente. Apenas nos iludimos,julgando ser donos das coisas, dos instantes e dos outros. Comigo caminham todos os mortos que amei, todos os amigos que se afastaram, todos os dias felizes que se apagaram. Não perdi nada, apenas a ilusão de que tudo podia ser meu para sempre." Miguel sousa tavares

Um beijo teu

por samokal, em 29.10.15

beijo4.jpg

 

Como chegaste até mim ainda hoje é um mistério, mas alguma razão fez com que os meus olhos tenham ficado bloqueados em ti, que o meu coração tenha criado um elo com o teu. Contigo descobri que amar têm conteúdo: são sentimentos e sensações inexplicáveis, que trocam toda a lógica da racionalidade, fazendo-me ir quando devía ficar , fazendo-me rir quando quero chorar , tornando-me forte na maior fraqueza.  

Agora estas longe de mim mas deixaste um rosto á saudade, um aroma, um sorriso, um toque, um abraço...
Todo o receio que um dia revelasses as asas e levantasses voo tornou-se uma realidade palpável e dolorosa, que vou atenuando com aquilo que deixaste para trás... o teu beijo, aquele que tanto adoro. Deveria de haver forma de o guardar para o ter sempre comigo, para  senti-lo sempre que quisesse.

 Lembrar-me de ti é lembrar-me de nós, impossível faze-lo sem soltar um suspiro, sem sentir um aperto no coração!

Olho em retrospectiva e recordo dos dias felizes em que foste a minha luz , minha guia , meu norte.

Do tempo em que esse teu beijo me transportava para um outro mundo, que me fazia suspirar em vez de respirar, quando a tua presença me fazia correr quando bastava andar , quando a alegria que me transmitias me fazia saltar quando bastava estar, quando me fazias sentir vivo.

E  agora como continuo sem o teu beijo ?

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Sonho contigo

por samokal, em 03.10.15

sem-amor-o-coracao-naum-respira.jpg

 

Serão os sonhos o único lugar onde  nós dois cabemos ? 

A vida ocupa demasiado espaço, todo aquele onde deverias estar, onde eu deveria estar.

Toda a superficialidade do quotidiano nos dispersa do essencial e apenas no sossego do sono tu apareces como sempre te imaginei, como sempre nos imaginámos...

Talvez por isso aguarde ansiosamente todos os dias o momento em que fecho os olhos,acredito que voltas , que te sinto de novo , que novamente somos um do outro.

Nem sempre isso acontece mas  a esperança que desta vez assim será  mantêm-me no caminho.

Sempre  que meu subconsciente te traz novamente até mim recarrega-me as energias e me faz sentir  vivo, apenas o despertar me faz encarar a realidade , uma realidade onde os nossos destinos se deixaram de tocar e restou apenas a recordação! Uma realidade onde não cabe o nós mas apenas o tu e o eu !

Autoria e outros dados (tags, etc)

Sunrise

por samokal, em 03.09.15

Caminho calmamente,saboreando o ar fresquinho que me revitaliza por dentro. Apenas o chilrear de alguns passarinhos

que por ali vagueiam me acompanha, transmitindo-me uma sensação de relaxamento.

Subitamente o meu olhar é desviado pelo brusco movimento de um coelho, que assustado, corre pelo jardim ainda sob as cores da penumbra . Desaparece rapidamente , como que evaporasse na vegetação.

Tudo volta então á mesma condição, olho ao longe e consigo vislumbrar o ar sossegado do rio , apenas interrompido pelo voo de alguns patos que espreguiçam suas asas em curtos trajectos.

Esta comunhão com a natureza , na hora em que ela começa lentamente a despertar para mais um dia, é algo revitalizante. Percebo que pertenço a ela , que é ali que tudo faz sentido .

Cruzo-me então com um senhor de meia idade que faz a sua corrida matinal , o " bom dia" que me dá soa  a uma nota desafinada nesta orquestra , retribuo-lhe amavelmente  e prossigo em direcção á beira mar , o ruído dos passos de corrida vão desaparecendo á medida que nos afastamos e a delicada agitação da agua sobe de tom. Aproximo-me o suficiente para poder toca-la e sentir sua frescura, aqui onde ela desmaia ao mágico toque com a areia.

Levanto-me e dou uma olhadela em volta, verifico que as cores se tornaram mais vivas , o verde da relva húmida  dá um pano de fundo extraordinário para as arvores que já exibem mais nitidamente suas formas, para as flores que deixam de ser apenas mais uma sombra e começam agora a revelar sua beleza. 

Retomo minha atenção no horizonte, naquela linha que separa o céu da agua , os tons alaranjados  vão rompendo por entre as poucas nuvens que ainda teimam em manter o cinza. o rio parece manter-se adormecido, como que esperando em silencio a chegada do rei dos astros, temendo talvez que qualquer movimento o possa demover de aparecer.

Sento-me , fecho os olhos e absorvo toda esta energia , toda esta paz , consigo separar todos os sons, a diferença entre o leve bater da agua e o melodioso cantar dos passarinhos, apenas o barulho de alguns carros que passam na ponte me desfocam os sentidos e  fazem lembrar que afinal estou na cidade , que aqui também há civilização.

Abro os olhos e deparo-me com o tímido espreitar do sol,  que se assoma agora pela primeira vez.

Tudo parece acontecer em câmara lenta, a minha presença aqui não é notada, aparentemente todos os seres que aqui começam seu dia se abstraem deste momento , afinal eles , ao contrario de mim , estão cá todos os dias, fazem parte de tudo isto ...

049.JPG

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Elo mais fraco

por samokal, em 02.09.15

Desde o principio que era evidente quem era o elo mais fraco

seria o meu coração a sofrer , seria dele o papel mais doloroso ,

ainda assim ele deixou-me seguir, acreditar, investir

Talvez tenha sido seduzido, talvez tenha sido esse teu sorriso

o certo é que fiquei preso a este amor açambarcador

No entanto sei que nada já poderá ser feito por nós 

tanto lutámos e não resultou, nada te trouxe definitivamente ate mim 

agora só sei... és muito importante , marcante

vou lutar para apagar este amor que sinto por ti ,

transforma-lo em algo que consiga transportar com menos sofrimento

e apenas guardar o que já ninguém nos pode tirar : os nossos momentos! 

Choro ao perceber que o sonho acabou , que não estarás mais aqui para receber o meu abraço 

 para sempre aqueles instantes mágicos, tão nossos, estarão gravados em mim 

e quando  essas lembranças me assolarem sentirei a tua falta 

 a ferida que ficou jamais será cicatrizada 

porque um dia me deste a conhecer o paraíso, e agora a terra parece-me um lugar demasiado frio 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Palavras

por samokal, em 10.02.15

2d99ca00726d09ac2dbbfdb6d58672a9af814945.jpg

 

Fortes são as palavras, quais espadas de laminas afiadas, 

Tortura camuflada,capaz de expor a mais recôndita dor.

Ditas em alta voz  por pessoas próximas , amadas 

Metal cortante que mutila sentimentos, pensamentos!

Palavras ditas expõem almas, atingem corações, deixam feridas!

Poderosa forma de lacerar esperanças, reavivar medos.

Palavras intencionais que humilham e maltratam. 

Palavras que nos matam  a cada frase, a cada letra,

por vezes proferidas por bocas que um dia nos beijaram!

Autoria e outros dados (tags, etc)

Os teus olhos

por samokal, em 09.02.15

 

olhar.jpg

 

Sinto o  espírito se elevar cada vez que meus olhos se perdem nos teus 

tudo o resto deixa de ser uma preocupação,  apenas quero ficar preso no momento 

Não interessa o que o destino me reserva, não interessa se nos une ou separa 

aproveito para me perder nos teus encantos e tudo esquecer.

Porque observar-te é entrar nesse teu mundo, é fazer parte dele!

Esses olhos transmitem-me a força do luar, a esperança do amanhecer. 

Fazem-me  ficar,querer ser alguém que não vai embora facilmente que encontrou o seu porto.

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Historia dos tempos modernos

por samokal, em 20.01.15

Historia-de-amor.jpg

 

Cresci e aprendi que nem todas as historias começam com o "era uma vez", fui descobrindo com o tempo que   talvez  o "desta vez acreditei " seja o mais adequado para cada inicio!

 Percebi que as historias afinal não acabam com o " viveram felizes para sempre",  mas agora sei que se pode construir uma linda historia  com um " viverem todos os dias a tentar ser felizes".

Autoria e outros dados (tags, etc)

O telefonema

por samokal, em 15.01.15

raios-de-sol-entre-nuvens.jpg

 

O frio Invernal com que a luz do dia rasgou a penumbra não indiciava nada de bom, a chuva intensa e desagradável que me brindou assim que abri a porta da rua só me fez pesar mais o semblante!

 Estes tons escuros e tristes entristecem-me de dentro para fora, o olhar pesado e cansado denota muita amargura,mas é apenas a ponta visível de raízes fortemente encastradas no coração, ou quem sabe noutro lugar refundido no meu interior que guarda todas as memórias que gostaria de ter reciclado faz muito tempo!

Mais um dia difícil , penso... assim têm sido ultimamente , uns atrás dos outros sem cessar. Faz tempo que desisti de lutar contra este fado, faz tempo que desisti de tentar mudar o rumo e me deixei ir ao sabor do vento.

Toca o telefone, mais uma vez não me apetece atender, não tenho razão para não o fazer , apenas não me apetece, também têm sido assim os últimos tempos, o corpo apenas reage aos instintos básicos, o cérebro há muito que deixou de ser utilizado convenientemente!

Mas um raio de sol, aparecido do nada, rasga o céu cinzento, iluminando-me o rosto, isso agrada-me, aquece-me!

Estranho este sentimento... o telefone volta a tocar, desta vez atendo!

Mal eu sabia que aquele telefonema mudaria para sempre a minha vida!

Autoria e outros dados (tags, etc)

Companheiro

por samokal, em 25.08.14

 

Talvez já nada consiga fazer pelas mágoas e desilusões do passado, que no coração transportas,

decidir o teu futuro também não está ao meu alcance,

mas estarei a teu lado a cada dia , fazendo do presente a sólida base do amanhã!

Não poderei também salvar o teu coração de ser partido pela dor, pela mágoa, perda ou tristeza, mas aqui estarei para juntos chorarmos,para contigo juntar todos os pedaços partidos.

Não consigo acabar com todas as tua dúvidas , medos ou problemas ,

mas  posso ouvir-te e ambos procurar soluções , tentarei ser o apoio que mereces !

Eu não posso impedir todas as tuas quedas, mas posso oferecer a minha mão para te agarrar, se juntos caír-mos, juntos nos levantaremos

Sei que os teu sucessos, alegrias ou triunfos não serão os meus, mas  os sorrisos que te provocam serão a minha maior riqueza.

Não é de minha competência tomar decisões por ti, nem deverei julgar as tuas decisões , mas estou aqui para te apoiar, encorajar e te ajudar se me pedires.

Não me pertence a faculdade de decidir o teu caminho, mas posso apontar-te aquele que gostaria de fazer a teu lado,

procurar contigo formas de cresceres  ,evoluíres, um meio de te encontrares,seres tu mesma sem medo da rejeição.

Eu não posso dizer quem és ou deverias ser, mas aceitar-te, ser o teu companheiro.

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Um dia ficarás?

por samokal, em 10.08.14

Enquanto eu caminho eu me pergunto
O que deu certo para surgir o nosso amor
Um amor que se tornou tão forte
E enquanto eu continuo caminhando eu penso
em tudo o que já passámos 

em tudo que já fizemos juntos 
como os nossos corações criaram um laço 

Ando sobre a chuva imensa 
Lágrimas caem disfarçadamente pelo meu rosto 
Desejava que estivesses aqui perto de mim
Para acabar com este tormento
pergunto-me porque partes sempre
questiono-me se um dia ficarás

Autoria e outros dados (tags, etc)


Passaram cá ...

counters


Mais sobre mim

foto do autor





Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D