Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Daisypath Anniversary tickers "... E de novo acredito que nada do que é importante se perde verdadeiramente. Apenas nos iludimos,julgando ser donos das coisas, dos instantes e dos outros. Comigo caminham todos os mortos que amei, todos os amigos que se afastaram, todos os dias felizes que se apagaram. Não perdi nada, apenas a ilusão de que tudo podia ser meu para sempre." Miguel sousa tavares

Amar

por samokal, em 19.03.14

Amar , esse gosto intenso e sôfrego, ânsia incontida dum abraço apertado !

Chama de desejo , sede incessante de um  beijo prolongado!

delirante dança de corpos suados , fúria de ardor,

força pungente e contagiante , que revigora e apaixona 

coreografia sem ensaio , paixão com sabor !

arrepio na pele e fico submisso, és minha dona 

borboletas na barriga , sei que sou amado !

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Casamento

por samokal, em 11.12.13


Novos tempos , novas necessidades, novos conceitos, novos comportamentos!

 

Com o evoluir da vida as pessoas vão gerando uma mutação nos seus hábitos, cada vez somos mais exigentes, queremos sempre mais e melhor.

 

A percepção cada vez mais assimilada de que a vida é só uma, temos que vive-la ,leva a que os relacionamentos sociais , afectivos ou mesmo profissionais sejam hoje em dia completamente diferentes daquilo que foram no passado.

 

O casamento é um dos grandes exemplos . Houve um tempo que se casava por conveniência, interesse politico , económico ou familiar, o amor não era importante , acabaria por se criar com o tempo, ainda assim se não acontecesse  a rotina tornaria o casamento uma ligação eterna !

Outra época foi caracterizada pelo casamento fruto do amor , aquele que se sente em todo o esplendor , mutação lógica e consequente da paixão, Mas a eternidade deixou de ser para sempre,  é eterno até acabar , tudo é mais rápido e agora a velocidade proporcionou-nos saber até quando dura o que é eterno .

  Do amor vêm a habituação , a amizade , o companheirismo , cumplicidade...tudo sentimentos necessários num casamento, o problema é que o essencial acaba por morrer: o amor , a  paixão , o tesão! Sem se aperceberem os cônjuges definhavam , o coração deixava de sentir aquelas acelerações que nos fazem sentir vivos ,  mas o compromisso era então um contrato irrasurável !

 

Nos dias de hoje vive-se intensamente, tudo passa a uma celeridade estonteante, precisa-se estar em constante movimento, logo a chama da paixão têm que ser uma constante, a adrenalina da conquista , o pulsar da novidade  é a droga que alimenta o ser do seculo XXI.

O matrimónio acaba por ser um reflexo disso mesmo , sendo uma das primeiras vitimas do Homos Exigente.



PS:Apenas uma das teorias e não de forma geral 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Pergunta do dia

por samokal, em 24.04.13

A mulher escolhe um homem pelas  características  ou pelo que pensa que consegue fazer dele?


agradecem-se respostas...


 

desculpem meninas, este não sou eu !


Autoria e outros dados (tags, etc)

Minete com direito a resposta

por samokal, em 05.02.12

Desde que li o Equador que passei a olhar Miguel sousa Tavares de uma outra forma , fiquei mais atento ao que dizia e escrevia e tornei-me em certa medida apreciador da forma como defende aquilo em que acredita , embora por vezes a forma não seja muito simpatica .

 

Aqui deixo  um excelente exemplo de uma resposta a um artigo de opinião .

 

O artigo em questão foi este  é de Ana Anes .

 

“OS HOMENS E OS MINETES “

“ Escrevo está crónica em plena quadra natalícia, numa altura em que os homens, coitados, na sua pequenez de vista, acham que nós queremos receber jóias, um casaquito do Cavali, um fim-de-semana numa linda pousada, um microondas para enfiarmos a cabeça lá dentro, etc, etc .

Nem estão enganados os pobres. Mas o que nós queríamos mesmo era homens que soubessem fazer um minete “comme il flaut”.

Eu explico. Estas almas penadas vieram ao mundo com um gene que lhes meteu na cabeça que fazer um bom minete é um dado adquirido. Pois vai uma notícia: não é ! E o mais giro é que, perguntando aos desgraçados dos meus amigos, “Ex” e afins (o leque é grande e a probabilidade de acertar quase igual à da EuroSondagem), todos acham que fazem “o” minete.

Extraordinário!

Mas alguém se lembrou de às respectivas ?
Não. E todos continuam convencidos de que são os maiores nesta lide particular.Burros! Ora, da mesma forma que nós grandes falsas – esperneamos, dizemos “aaahhh! sssimm hhuuuummm!! “ e nos mexemos “à canal 18” para fingir um orgasmo durante o acto, o mesmo nos estão a meter a cara entre as pernas.

Assumindo uma posição tipo “dra Ruth” – é o que chama, no gozo a minha editora-, arrisco dizer que 80 por cento dos homens fazem minetes como os São Bernardo lambem as vitimas perdidas na neve, Lambem, lambem… sem saber porquê e onde. E nós fazemos o nosso papel, para os pobre coitados não ficarem cheios de complexos (de vez em quando, algumas ganham coragem e dizem “querido, não te importas de fazer assim ou assado?” , mas ainda é raro).

Depois, há cerca de dez por cento que têm jeito prà coisa : um potencial elevado para um “minete colibri” – Bate as asinhas e “truca”, acerta no alvo sem grandes lambidelas ou aparato. E, finalmente, vêm os abençoados, que já foram como os anteriores mas entretanto leram livros das especialidade e fazem os “minetes de oiro”- coisa rara nos dias que correm .Mais uma vez os caracteres lixam-me a prosa não as ideias. Mas não é por isso que ficam os senhores leitores sem uma ideia para uma prenda jeitosa para o Natal, daquelas que , uma vez aprendida, é só dar.

Ana Anes

 

 

 

e a excelente resposta foi esta :

 

 

 

“Minha Cara,
Tenho, sinceramente, muita pena de si…

Em primeiro lugar, tive a pena de constatar que só se sentiu realizada, ou minimamente realizada, em 20% dos minetes que lhe fizeram. Concordo consigo quando diz que os homens devem perguntar às respectivas se estão contentes com o seu desempenho. Nesse caso, porque é que assume claramente que finge os seus orgasmos? Das duas uma, ou a menina nunca foi “comida” como devia, ou então, coitadinha, não tem mesmo jeitinho nenhum para o sexo. Nós, homens, também lhe podemos fazer, por exemplo uma estatistica de quantas mulheres são ou não boas na cama. Ou quantas fazem ou não, bons broches. O que nunca lhe vamos poder fazer é fingir um orgasmo. Isto, claro, se conseguir que atinjamos um.

Acredite que há muitos homens que perguntam as parceiras se estão contentes com o seu desempenho. E acredite também que a maior parte dos homens não teve que ler um manual para fazer bons minetes. Apenas teve que os fazer, uma e outra e outra vez. Só com treino se consegue melhorar a performance minha cara.

Em segundo lugar, informo-a que, caso ainda nao tenha percebido, o que você está a fazer é, muito simplesmente, a aumentar o número de homens que pratica mau sexo. Você e as mulheres como você. Ora repare: se você finge um orgasmo de cada vez que está com um homem, em primeiro lugar, está a fazer com que o homem acredite que realmente percebe do assunto (Sim, há homens que não percebem). Em segundo lugar, está a fazer com que este mesmo homem, não se esforçe o suficiente para agradar a parceira na relação seguinte. Penso que estamos ambos de acordo, quando digo que uma situação destas não é agradável, nem tão pouco desejável , certo?

O meu conselho, se o quiser aceitar, é: Faça mais sexo!!! A sério, penso que você precisa. Mas faça mais sexo sem fingir orgasmos. Vai ver que a sua vida sexual melhorar exponencialmente, e excusa de se vir queixar para as revistas. É obvio que nem todos os homens lhe vão dar um orgasmo, ambos sabemos isso. Mas vão tentar, isso , eu garanto…
E já agora. Informo-a também que não é assim tão raro uma mulher pedir ao “querido” para fazer assim ou assado. Não julgue todas as mulheres por si, “Dra . Ruth” .

Um Cordial abraço,
Miguel Sousa Tavares

Autoria e outros dados (tags, etc)

A vida

por samokal, em 21.03.11

A maioria das pessoas não chega a viver, apenas adquire algumas experiencias daquilo que é a vida na sua plenitude e julgam ter vivido de verdade. Nem sempre viver significa estar vivo, passamos a nossa existência preocupados com o dia de amanha, com o trabalho, com a casa, o carro, as horas e esquecemo-nos do mais importante: - o momento e de nós proprios!

   De todas as experienciais da vida as mais enriquecedoras são as que envolvem emoções e sobretudo afectos, estas só são possíveis no contacto com outras pessoas, com as pessoas que gostamos e que gostam de nós. Tudo têm outro encanto quando partilhamos algo com quem nos diz muito, seja uma conversa, um filme, uma viagem, um jantar …

  Ouvirmos as pessoas que estão na etapa final da sua passagem dá-nos ensinamentos que devemos aproveitar, pois são essas pessoas que têm a vivencia e o distanciamento que as permite olhar para a vida com olhar critico certo para transmitir aquilo que realmente vale a pena.

 Muitas vezes deixamos por dizer aquilo que sentimos porque parece mal, ou simplesmente julgamos inadequado. Perder uma oportunidade de divulgarmos nossos sentimentos é privarmos alguém de se sentir vivo: - nós e quem nos ouve!

 Vamos tentar viver a vida , sentir emoções , passar emoções e sobretudo ser felizes  porque amanha poderá ser tarde demais  e como diz Roberto Carlos “ Se chorei ou se sorri o importante é que emoções eu vivi”

 

  By Samokal

Autoria e outros dados (tags, etc)

libido insaciavel

por samokal, em 17.12.09

 A vida continua-nos a surprender , agora foi uma norte americana que sofreu um acidente  com efeitos muito estranhos : tornou o seu libido insaciavel ...


vejam a noticia  aqui

Autoria e outros dados (tags, etc)

Pensamento do dia

por samokal, em 22.01.08

os meus pensamentos do dia  são estes , não podia deixar de os postar

O amor é como a gripe, apanha-se na rua, resolve-se na cama…
 

 
O excesso de sexo provoca amnésia e outras merdas que agora não me lembro… 
 

Autoria e outros dados (tags, etc)


Passaram cá ...

counters


Mais sobre mim

foto do autor




Posts mais comentados


Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D