Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Daisypath Anniversary tickers "... E de novo acredito que nada do que é importante se perde verdadeiramente. Apenas nos iludimos,julgando ser donos das coisas, dos instantes e dos outros. Comigo caminham todos os mortos que amei, todos os amigos que se afastaram, todos os dias felizes que se apagaram. Não perdi nada, apenas a ilusão de que tudo podia ser meu para sempre." Miguel sousa tavares

Vida

por samokal, em 30.01.15

madeira 14out 096.JPG

 

Há muito que o teu sabor doce e cheio de aromas frutados deixou de se fazer sentir. Resta o sal,  tudo o resto se tornou em desvanecidas memorias. 

 Entrego-me ao vento, mergulho no mar , deito-me sob o sol ou caminho na chuva, mas nada me resgata desta morte lenta. Restará o fogo, esse poderoso aliado, quiçá amigo derradeiro!

  Esforço minha memoria em busca do mel, paladar da minha meninice. Busco aqui e ali, nas mil doçuras que antes existiam, um sabor que me desperte, que me acorde , que me traga á vida... mas em vão.

Percebi que era dentro de mim que corria uma nascente, que transbordava por todo o corpo essa energia que me adoçava a existência. Mas todas as lágrimas derramadas acabaram por secar essa fonte!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Menino

por samokal, em 22.01.15

llantoypobreza.jpg

 

Tento descobrir em mim aquele menino que sonhava,

procuro sem qualquer resultado, a esperança que o acompanhava! 

A imagem desse menino parece-me agora tão distante, quase na fronteira entre a realidade e a ilusão.

Os dias passaram sem nada acrescentar, o menino cresceu e os sonhos morreram 

apenas ficou o vazio, a desilusão

agora...neste mar navego á deriva, a tempestade ganha cada vez maior proporção

os remos estão ali, o leme também , mas o esforço para pegar neles parece-me demasiado grande 

talvez não queria assumir o rumo , talvez seja mais fácil deixar-me ir para o abismo!

procuro por ti menino... mas há muito que deixei de te ver !

Autoria e outros dados (tags, etc)

Citação do dia

por samokal, em 22.01.14

Porque nem sempre precisamos escrever sobre o que sentimos no momento, porque nem sempre gostamos de uma frase porque têm a ver com o sentimento actual. Quando algo é bem escrito e de alguma forma nos sensibiliza é normal que se goste e que se dê a conhecer , partilhar o que têm valor é serviço publico e hoje o meu serviço publico é relembrar a quem já leu e dar a conhecer a quem ainda não o fez,  este excerto de um grande autor mas sobretudo um grande pensador de sentimentos ( como se fosse possível agregar estas duas palavras na mesma frase)

 

"O esquecimento não tem arte. Os momentos de esquecimento, conseguidos com grande custo, com comprimidos e amigos e livros e copos, pagam-se depois em condoídas lembranças a dobrar. Para esquecer é preciso deixar correr o coração, de lembrança em lembrança, na esperança de ele se cansar. "

MEC

Autoria e outros dados (tags, etc)

Ainda há amanhã

por samokal, em 21.05.13

imagem neteira


Por vezes o nosso melhor não é suficiente , lutamos contra todas as adversidades sem medos , entregando tudo o que temos e por vezes até algo que pensávamos não ter . Caminhamos aplicando tudo o que nos trouxe até aqui , corrigindo velhos erros e aperfeiçoando o que até correu bem. Mas ainda assim falta sempre qualquer coisa ... e de repente damos conta que afinal estamos a patinar no mesmo local , com o agravante de agora termos menos tempo pela frente .

 Levanta-se a derradeira questão:- E agora, vale a pena , será que ainda vou a tempo ?

 

Nunca desistir  esteve tão perto, mas ainda me deito a dizer - até amanhã! É um inequívoco sinal que ainda me resta a esperança que vai haver amanhã...


outros posts


Passado   A vida    Lágrimas

Autoria e outros dados (tags, etc)

Triste

por samokal, em 21.05.13


Por vezes fico triste e revoltado... talvez com a frustração de nem sempre tudo ser perfeito , ou tão pouco minimamente perfeito.  
fico irreconhecível até para mim e então me sinto só , não sei com quem falar e nem o que dizer , porque apenas sinto algo que não consigo expressar .
Olho-me no espelho e não me reconheço , a calma e serenidade que  reflicto nada têm a ver com o turbilhão que acontece no meu interior...na minha cabeça. 
Fico enfraquecido e sinto-me  naufragar , e apesar de ter ali porto seguro , com varias pessoas a quererem me deitar a mão , eu simplesmente não sou capaz de lhes pedir auxilio , não as quero incomodar , não quero que percebam que me estou a ir abaixo , logo eu !



talvez goste

Elogio ao amor    Emoções     Tristeza     Menina agridoce

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Ter sem ter

por samokal, em 16.05.13

Ao ouvir a tua voz , a tua doce voz e não aquela irada que ultimamente me habituei a ouvir, tudo voltou a fazer sentido.

 

Talvez porque tenha sido a conecção com aquela  que todos os dias vagueia na minha cabeça , vinda directamente do coração.

 

Com ela vêm um sem fim de recordações , boas recordações , recordações de tempos felizes , que agora mais que nunca percebo que não foram ultrapassados .

não foram e talvez nunca sejam , ficaram marcados profundamente e cada um dos meus poros .

 

A saudade passou a fazer parte da minha existência de uma forma muito mais vincada , percebo o que perdi e tenho pena que as coisas tenham sido assim e todos os dias luto contra este sentimento que faz questão de se agarrar a mim de forma tão aguerrida .

 

apesar de tudo tenho a noção que não errei , fiz o que tinha que ser feito , porque antes também sofria por não te ter , não era feliz quando não estava contigo e quando estava ...bem , quando estava ficava angustiado por saber que seria pouco tempo , que já estavas de partida !

 

o amor não foi mais forte , ou talvez fosse porque ele continua , mas saber que seria sempre assim não me bastava .


ver tambem


Felicidade   Olhando para traz    durante um segundo...

 

 

 

  

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Agora sim

por samokal, em 15.04.12

  Já houve um tempo em que tive pressa, como se a vida me fugisse debaixo dos pés , parecia-me que havia urgência em alcançar os objectivos e que todos os dias da minha existência seriam poucos . Com isso vieram  passos mal dados , tropeções e mesmo quedas, a consequente, desilusão a frustração, que me fizeram voltar atrás ...muito atrás , tão atrás que eu julguei não poder de novo partir , não ter mais condições de lá chegar .

 

Agora tudo isso me serve de bagagem, hoje caminho lentamente  mas com direcção certa , caminho devagar mas espero não mais ter que voltar atrás , agora sim , descobri o meu caminho e tenho uma luz que me guia !

 

 

                                                                         imagem retirada da net

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Palavras ligadas

por samokal, em 27.02.12

A palavra que mais se pode ligar a expectativa é mesmo desilusão !

Autoria e outros dados (tags, etc)

Ai o nosso país

por samokal, em 06.01.08

 Quando é que este país vai parar ?? o que qualquer portugês deseja neste momento é a paragem do país , sempre é melhor do que andar para traz ( é o que se passa agora )TRudo piora da dia para dia já vejo o dia em que até na televisão na altura da metereologia em vez do apresentador dizer

         - o instituto de meteorologia dá chuva para amanhã na região norte ...

vai dizer .

         - O instituto  de meteorologia  VENDE chuva para amanhã...

Sócrates tornou-se o Robin do bosques invertido , não ..não é pelas suas supostas tendencias sexuais , mas sim porque rouba aos pobres para dar aos ricos .

Autoria e outros dados (tags, etc)


Passaram cá ...

counters


Mais sobre mim

foto do autor




Posts mais comentados


Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D