Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Daisypath Anniversary tickers "... E de novo acredito que nada do que é importante se perde verdadeiramente. Apenas nos iludimos,julgando ser donos das coisas, dos instantes e dos outros. Comigo caminham todos os mortos que amei, todos os amigos que se afastaram, todos os dias felizes que se apagaram. Não perdi nada, apenas a ilusão de que tudo podia ser meu para sempre." Miguel sousa tavares

Sim...

por samokal, em 06.10.15

 

download.jpg

 

SIM... acredito que para ti ainda monto um cavalo branco,

que continuo a ir em teu encontro de espada em riste ,  

para te salvar  dessa torre onde vives aprisionada.

Sim , sei que continuas á espera que te segure e  prenda em meus braços,

de sentires a minha respiração, o acelerar do meu peito.

sim... sei que não desististes do sonho , vês em mim muitas virtudes que te encantam !

 

Mas sabes... muito do que sou devo-o a ti , foste tu que me embelezaste e me tornas-te melhor do que alguma vez fui.

vivi a minha vida esperando que algo assim tivesse acontecido mas agora desisto de ti .

Os nossos planos nunca passaram de um esboço, não abriste sequer a janela para que te pudesse pegar !

Todas as minhas esperanças se foram perdendo pelo caminho e o destino nunca esteve afinal á vista .

agora resta-nos o silencio da distancia , o amargo do fim .

Mas sabes ... nos meus olhos, eu não vejo mais ninguém, somente tu  despertas-te o melhor de mim. 

Não há nenhum outro amor como o nosso amor e só ao pé de ti fui completo.

 

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Ter sem ter

por samokal, em 16.05.13

Ao ouvir a tua voz , a tua doce voz e não aquela irada que ultimamente me habituei a ouvir, tudo voltou a fazer sentido.

 

Talvez porque tenha sido a conecção com aquela  que todos os dias vagueia na minha cabeça , vinda directamente do coração.

 

Com ela vêm um sem fim de recordações , boas recordações , recordações de tempos felizes , que agora mais que nunca percebo que não foram ultrapassados .

não foram e talvez nunca sejam , ficaram marcados profundamente e cada um dos meus poros .

 

A saudade passou a fazer parte da minha existência de uma forma muito mais vincada , percebo o que perdi e tenho pena que as coisas tenham sido assim e todos os dias luto contra este sentimento que faz questão de se agarrar a mim de forma tão aguerrida .

 

apesar de tudo tenho a noção que não errei , fiz o que tinha que ser feito , porque antes também sofria por não te ter , não era feliz quando não estava contigo e quando estava ...bem , quando estava ficava angustiado por saber que seria pouco tempo , que já estavas de partida !

 

o amor não foi mais forte , ou talvez fosse porque ele continua , mas saber que seria sempre assim não me bastava .


ver tambem


Felicidade   Olhando para traz    durante um segundo...

 

 

 

  

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Perdi um bocadinho de mim

por samokal, em 13.04.08

 Por vezes ao criarmos um espaço na internet estamos a dedicar-nos a algo, e  quando olhamos para traz e vemos o que fizémos , escrevemos , etc  recordamo-nos de estados de espirito , fases boas e más , etc . Assim acontecia com o fblog.noite.pt ,um fotoblog onde durante 2 anos coloquei fotos , textos e musicas que me diziam algo nesse momento especifico .

 Num  Universo de 26000 utilizadores  criei  amigos , conhecidos , partilhadores de comentarios . trocámos ideias , apoios ,emoções .

 Cada vez que visitava as paginas do meu fblog revivia momentos .

 O meu blog estava com cerca de 30 000 visitas e mais de 3 000 comentarios , foi eleito uma das 7 maravilhas do fblog .

 

De um momento para o outro , sem nenhum aviso nem explicação o fblog desapareceu , pura e simplesmente o trabalho de tantos utilizadores  esfumou-se em nada . comecei a enviar mails á admistração a perguntar o que se passava , mas respostas nenhumas .

 

Agora , uns 2 meses depois , o fblog apareceu , quer dizer , a pagina já tem uma  ligação  que nada tem a ver com o que foi .

 

A unica coisa que sobrou foram os amigos , alguns deles têm vindo a este espaço perguntar o que se passa , pois , tambem eu gostaria de saber .

 

Espero que não aconteça o mesmo  aeste espaço .porque não quero perder mais um pouco de mim .

       

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


Passaram cá ...

counters


Mais sobre mim

foto do autor




Posts mais comentados


Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D