Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]


Daisypath Anniversary tickers "... E de novo acredito que nada do que é importante se perde verdadeiramente. Apenas nos iludimos,julgando ser donos das coisas, dos instantes e dos outros. Comigo caminham todos os mortos que amei, todos os amigos que se afastaram, todos os dias felizes que se apagaram. Não perdi nada, apenas a ilusão de que tudo podia ser meu para sempre." Miguel sousa tavares

O ar que respiro

por samokal, em 19.04.16

voc.jpg

 

Um dia , uma criança imaginou o futuro e fez os seus projectos, seus sonhos!

A criança tornou-se num adulto e os sonhos foram-se transformando,

poucos se tornaram uma realidade palpável,

mas essa criança não sabia ,não imaginava,

que aquele ser em que se transformou conseguiu ter uma vida em pleno

alcançou o que nunca pensou ser possível; Amou , riu , conheceu.

Essa criança , nem nos dias de maior inspiração conseguiu sonhar tão longe .

Não sabia os arrepios de pele que iria ter , as emoções que desfrutou ,os sabores que provou e os cheiros que sentiu.

A vida superou tudo , porque lhe trouxe o verdadeiro amor , a amizade ; alegrias imensas que foram valorizadas e suportadas pelos momentos menos bons.

Agora o adulto em que se tornou  deixou de sonhar tanto , de pensar menos no futuro.

Agora sabe que pode já não ter nada para ver , nem para comer , nenhum livro para ler , ou musica para ouvir. 

Pode deixar de sentir a brisa do mar na cara , o cheiro da primavera ou sentir o primeiro frio de inverno. Que está tranquilo e de coração aquecido, porque teve mais do que desejou ,  está feliz, em paz porque se sentiu vivo e agora tudo o que precisa é o ar que respira. 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



Passaram cá ...

counters


Mais sobre mim

foto do autor





Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D