Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]


Daisypath Anniversary tickers "... E de novo acredito que nada do que é importante se perde verdadeiramente. Apenas nos iludimos,julgando ser donos das coisas, dos instantes e dos outros. Comigo caminham todos os mortos que amei, todos os amigos que se afastaram, todos os dias felizes que se apagaram. Não perdi nada, apenas a ilusão de que tudo podia ser meu para sempre." Miguel sousa tavares

Caminhando na penumbra

por samokal, em 05.02.18

 

escuridão.jpg

 

 

Caminhando na penumbra , aprendi tudo com as sombras, com os seres que se foram escondendo de mim , que me mostraram apenas meia cara, ou apenas alguns detalhes da sua forma .

   A aurora pareceu sempre estar tão longe e inatingível, aos poucos fui-me habituando á ideia de viver num mundo sem cor, onde tudo aparecia do nada para de seguida se desvanecer na bruma.

 

 No entanto reguei sempre a esperança de alcançar a luz, umas vezes com sonhos cheios de cor , outras com a expectativa de dias melhores.

  Chegou então uma altura em que uma das sombras que comigo caminhava havia algum tempo começou a  definir as suas formas,  aos poucos as sua escuridão foi-se transformando em cor , em menos de nada deixei de andar perdido no escuro e passei a seguir aquele brilho , que começou de forma ténue e envergonhada, mas rapidamente ganhou cintilação suficiente para iluminar o caminho, aquele que passou a ser o nosso caminho .

 Segui-a, e  descobri que o sol todos os dias nasce, que a cada vez que nasce uma nova oportunidade nos é entregue, descobri que na luz todas as cores se vêm de outra forma, que a minha escolha é agora mais fácil , mais assertiva , no entanto ... todos os dias escolho seguir a mesma que me mostrou o caminho , não por reconhecimento ou divida , mas porque é a que eu mais quero! 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:


Comentar:

CorretorMais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



Passaram cá ...

counters


Mais sobre mim

foto do autor





Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D