Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Daisypath Anniversary tickers "... E de novo acredito que nada do que é importante se perde verdadeiramente. Apenas nos iludimos,julgando ser donos das coisas, dos instantes e dos outros. Comigo caminham todos os mortos que amei, todos os amigos que se afastaram, todos os dias felizes que se apagaram. Não perdi nada, apenas a ilusão de que tudo podia ser meu para sempre." Miguel sousa tavares

Desenquadrado

por samokal, em 07.12.17

Desenquadrado , sempre me tentei enquadrar em algo , sempre procurei os iguais

sem efeito percebi que nada do que vejo me faz sentido , nada do que conheço me é familiar 

nesta difícil caminhada , andei sempre em casas emprestadas, sem nunca me sentir no meu lar 

momentos de angustia chegaram , porque não me agrupava eu a nada , porque era tudo tão diferente de mim?

aqui e ali, lá fui encontrando alguns balões de oxigénio, portos de abrigo mais ou menos estáveis

mas rapidamente deslizei para fora desse conforto desconfortante , desse poiso instável e escorregadio. 

patinho feio me julguei , diferente que era dos outros , não sabia qual o meu lugar , tive medo que reparassem como eu não era igual aos demais 

então a luz chegou, iluminando a minha presença, afinal não é assim  tão mau esta minha desalinhada forma de ser 

não pertenço a nenhum nicho ,  muito menos a nenhuma maioria .

Sou apenas eu , e isso me faz único e inexplicável , me faz difícil de entender mas prazeiroso de conhecer

sou diferente entre os iguais , desalinhado e desenquadrado com os padrões estabelecidos.

so what ?

Autoria e outros dados (tags, etc)

Momento

por samokal, em 06.12.17

mid_160572_8084.jpg

 

Neste emaranhado de pensamentos sigo numa penumbra sem ocaso

A luz que tanto anseio está lá á frente , mas os tons cinza continuam a rodear-me como que um um castigo necessário.

Aceito este fado,sei que não poderei seguir em frente sem pagar a divida que acumulei ao longo dos anos

No entanto almejo sacudir este peso rapidamente, para poder seguir com a leveza necessária.

Devaneio louco, penso eu por vezes , recompensa tardia , julgo outras. 

A decisão tomada não é uma fuga para a frente, mas uma directoria de futuro.

A consistência daquilo que almejo é forte o suficiente para superar o que me retém o passo.

Deambulo pela minha historia e começo a perceber o sentido de todo este percurso,

julgo entender a razão do Inverno, sem ele a primavera não teria bases para poder florir seu encanto,

tornam-se nítidas as provações a que fui sujeito, as dificuldades que me obriguei a superar

serviram de base para o entendimento do caminho que agora se assoma á minha frente !

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Hoje é um dia especial

por samokal, em 06.12.17

May-We-Be-Happy.jpg

 

Hoje é um dia especial, ontem também foi, assim como foram todos os dias dos últimos dois meses.

Hoje é um dia especial porque sou feliz , porque te tenho na minha vida.

Hoje é um dia especial porque tenho quem me dê alento , quem me faça melhor 

Relembro-me agora o inicio desta epopeia , impossível dizias tu, amanha é outro dia , dizia eu

momento após momento, emoção após emoção, este amor foi ganhando dimensão 

o impossível tornou-se viável , o dia de amanhã tornou-se sempre melhor que o de hoje 

o nosso abraço tornou-se o nosso porto seguro , onde nenhuma força nos consegue derrubar 

o nosso beijo tornou-se o combustível que aquece a nossa vida,  que ilumina o nosso caminho

o meu colo tornou-se o teu local de paz e tranquilidade

o teu olhar tornou-se a minha luz , aquela que me ilumina nos dias mais escuros e me aquece nos dias frios 

Agora nada é impossível , o futuro é uma pagina em branco ansiosa por tatuarmos nela a nossa linda historia.

Hoje é um dia especial... um dia que vale a pena viver, porque sei que estás ao meu lado !

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

Escolha

por samokal, em 05.12.17

 

A-vida-na-encruzilhada.jpg

 

E cá estou eu outra vez numa encruzilhada , assim têm sido o meu percurso.

Mais uma vez terei de escolher por onde seguir, sabendo que essa escolha me levará para longe do caminho que sigo agora.

Todas as escolhas feitas anteriormente me foram levando para um carrossel de emoções e vivencias, que me traz experiência mas talvez não a sabedoria suficiente para estar agora mais preparado.

  No passado já segui o coração, umas vezes bem e outras mal, mas sempre com consciência de que tinha feito a escolha acertada, apenas as consequências foram as erradas.

  Decidi então colocar a razão a decidir o caminho, descobri que não é esse o meu destino, se eu sou feito de emoção , de momentos, de impulso, como poderá uma escolha contra a minha natureza ser correcta ?

  Agora o grande dilema, se seguir o coração deixo para trás a tranquilidade, a paz, o conforto,  estabilidade , deixo para trás um ritmo cardíaco constante e sem sobressaltos.

Se seguir o coração vou atirar-me de novo ao desconhecido, á procura, incerteza, reinicio, a um novo turbilhão de emoções , a ritmos desconcertantes... ou não!

 Para a maioria não haveria sequer escolha , era continuar o percurso conhecido, direito e alcatroado de novo.

Mas eu não sou a maioria...

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Dois meses

por samokal, em 04.12.17

Dois meses,  mas muito mais do que 60 dias ...

Dois meses que mudaram a minha vida,  aliás , trouxeram-me vida.

Cada dia que passa tenho mais certeza de que encontrei a pessoa que estava destinada a me trazer a felicidade.

Cada momento a dois se torna em grandes recordações criadas com emoções fortes, vivencias verdadeiras e sensações indescritíveis.

Dois meses que servem apenas de aperitivo para tudo que aí vêm, para tudo a que estamos destinados muito antes deste tempo em que nos encontrámos.

Festejo não só este tempo no seu global, mas todos os bocadinhos, todos os retalhos de vida que vamos descobrindo a cada beijo, a cada conforto que sentimos a cada abraço , a cada angustia que sofremos a cada despedida.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

Viagem solitária

por samokal, em 04.12.17

Aproveitei este fim de semana de 3 dias para me meter na estrada, só eu e a minha mota.
Sem destino, sem horário, sem gps , com telemóvel em uso estritamente necessário. ..
Apenas o frio constante e o cheiro a lenha queimada das lareiras,libertada pelas chaminés das casas por onde fui passando, como fiéis companheiros. 
Uma experiência que me proporcionou cenários magníficos, aromas únicos e sensações indescritíveis. 
Sozinho no meu capacete fervilharam pensamentos, arrumaram -se ideias e definiram-se metas.

Sabe bem passar algum tempo connosco próprios, libertar-nos de tudo que torna os nossos dias completamente controlados.

 Apenas o ronco da mota me ligava a algumas das actividades feitas habitualmente, de resto, consegui-me libertar daquele aparelho que nos controla e marca a velocidade, o telefone, do relógio e das responsabilidades. 

Foi bom não ter pressa , não saber sequer onde iria passar ou mesmo parar, as paragens foram marcadas pelas necessidades básicas, não houve hora para comer , mas sim comer quando o corpo assim pediu.

As paragens para pernoitar foram escolhidas pelo frio que se tornou insustentável assim que a noite caiu, e a hora de partir de manhã foi regulada pelo acordar natural, sem despertador !

Uma experiência rica que espero repetir, pelo menos, um vez por ano.

20171202_155915.jpg

24550132_1720890894597399_448138089_n.jpg

20171203_124143.jpg

20171203_143853.jpg

24331148_1720890871264068_1631424606_n.jpg

20171203_152356.jpg

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Dois minutos

por samokal, em 28.11.17

abraço-forte.jpg

 

Nunca uma ausência fez tanta mossa, nunca os ponteiros do relógio demoraram tanto a rodar.

Estar longe de ti é um suplicio pelo qual não quero mais passar 

precisei tanto te ver , te abraçar , te beijar ...

Quando te senti nos meus braços o mundo parou, 2 minutos disseste tu, mas tudo aconteceu em câmara lenta 

os dois minutos tornaram-se em horas de recordações , em dias de memorias.

Todas as emoções foram  vividas de forma intensa, o nosso abraço conectou-nos muito mais do que o costume , foi tão especial!

de repente todos os meus sentidos despertaram , senti o teu respirar como se os meus ouvidos estivessem apenas aí focados 

senti o teu cheiro , aquele a que me habituei e no qual me perdi

senti as tuas mãos, os teus lábios , senti o toque suave da tua língua , do metal que nela reside .

olhei-te , vi o brilho do teu olhar , o contorno dos teus lábios , reparei nos contornos do teu corpo...

no nosso beijo senti todo um amor que não estagna , simplesmente cresce sem se saber muito bem porquê!

2 minutos, mas foi muito mais do que isso, foi perceber ainda mais a falta que me fazes 

Foi perceber ainda mais que a vida só faz sentido um no outro

Foi sentir a nirvana , perceber que descobri aquilo para  que vale a pena viver.

2 minutos... que são apenas mais dois na nossa historia!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

Amanhã é outro dia

por samokal, em 22.11.17

homem-triste-deprimido-escuridao-autoestima-sofren

 

Sim, estou de coração partido, de olhar triste e sorriso inexistente 

Sim , a desilusão apossou-se de mim , a alegria desvaneceu-se 

Há momentos que o peso do meu mundo fica difícil de suportar, esmagando-me 

todos os alicerces onde julguei encontrar segurança eram final pouco resistentes

e agora que resta ?

Resta um amor sem fim , um amor que me permite aguentar, sobreviver á dor

amanhã é outro dia  e sei que hoje foi apenas um dia mau 

amanhã é outro dia e amarei mais que hoje , mais do que sempre 

Amanhã é outro dia e sacudirei os destroços, construindo novos alicerces 

Amanhã é outro dia...

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

Nem sempre...

por samokal, em 22.11.17

azulejo-personalizado-desiludido-azulejo-personali

 

Nem todo os dias somos fortes 

nem todos os conseguimos remar contra a maré sem nos molharmos

nem todos os dias as certezas são tão certas nem a realidade é tão nítida

Nem sempre o nosso coração consegue apagar o que os olhos vêm

nem sempre podemos acreditar no que queremos 

Nem sempre podemos fingir que tudo nos passa ao lado, que somos imunes

Nem todos os momentos nos abstraímos do presente em prol do futuro

mas todos os dias tenho a certeza do que quero, e vou continuar a lutar por isso !

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

Tudo ou nada

por samokal, em 15.11.17

images.jpg

 

Estou farto e cansado de andar de casa ás costas, de viver ao sabor do vento.

Disse a mim mesmo que desta vez era de vez , que chegava de mudanças.

Apostei na tranquilidade, no desistir de sonhar no amor e no conto de fadas 

de cair por terra a agarrar o que tinha , aprender a viver com isso 

Mas de repente lá estou eu, mais do que nunca, disposto a largar tudo por amor 

A arriscar tudo naquilo que me faz sentir vivo

Mas sabem que mais ?  prefiro ser doido, efusivo e impulsivo

do que certinho, direitinho e cerebral 

Aposto e vou com tudo, porque acredito mesmo a sério que é agora que vai ser ,

que encontrei sem procurar quem tanto procurei sem encontrar .

Se correr mal , que não acredito, mas ainda assim , se correr mal , não me posso acusar de não ter tentado.

posso chorar por ter acabado , mas nunca por não saber o que teria sido.

continuo com a minha frase de sempre :

" Se chorei ou se sorri, o importante é que emoções eu vivi" 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:


Passaram cá ...

counters


Mais sobre mim

foto do autor





Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D