Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]


Daisypath Anniversary tickers "... E de novo acredito que nada do que é importante se perde verdadeiramente. Apenas nos iludimos,julgando ser donos das coisas, dos instantes e dos outros. Comigo caminham todos os mortos que amei, todos os amigos que se afastaram, todos os dias felizes que se apagaram. Não perdi nada, apenas a ilusão de que tudo podia ser meu para sempre." Miguel sousa tavares

Para quê continuar quando não se ama ?

por samokal, em 16.09.10

Li um texto do Dr. Quintino  Aires com o qual me identifiquei bastante , pelo menos em determinada altura da minha vida , felizmente consegui dar o passo em frente .

Aqui fica o texto para vos fazer pensar no assunto..

 

 


 

“É incrível a quantidade de gente que se mantém numa relação, seja namoro ou mesmo casamento, quando já sabem conscientemente que não ama a outra pessoa. Tenho dificuldade em perceber porquê! Claro que sei que muitas pessoas têm medo de ficar sozinhas, e a maioria destes casos pertencem a este grupo. Mas não percebem que este é um egoísmo que também as prejudica a si mesmas?
Manter-se numa relação sem futuro, porque estes casos nunca têm um futuro feliz, é deixar passar os anos, é perder anos de vida, que nunca mais se poderão viver. A maioria destas pessoas diz-me que não acreditam poder encontrar alguém que as cuide e que as trate tão bem como a pessoa que têm a seu lado. Mas claro, se estão comprometidas, muitas vezes, nem vêm quem lhes passa perto, quem se poderia interessar. Gosto sempre de lhes lembrar a ideia dos chineses e dos árabes, quando afirmam que, quando estamos preparados, o amor está na próxima esquina à nossa espera. Este é o problema. Estas pessoas não estão interiormente disponíveis para amar, e ficam ali presas, perdendo a sua possibilidade de serem felizes, e prendendo igualmente alguém que também assim fica impedido de encontrar um amor onde fosse feliz. E tudo se resolvia com uma psicoterapia, com a sua procura de um entendimento interior, que mais longa ou mais curta, poderia trazer-lhes a felicidade que já não acreditam ser possível.

 

(Dr.. Quintino Aires - Psicólogo)

Autoria e outros dados (tags, etc)


Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



Passaram cá ...

counters


Mais sobre mim

foto do autor





Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D