Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]


Daisypath Anniversary tickers "... E de novo acredito que nada do que é importante se perde verdadeiramente. Apenas nos iludimos,julgando ser donos das coisas, dos instantes e dos outros. Comigo caminham todos os mortos que amei, todos os amigos que se afastaram, todos os dias felizes que se apagaram. Não perdi nada, apenas a ilusão de que tudo podia ser meu para sempre." Miguel sousa tavares

Afinal em que ficamos ?

por samokal, em 11.06.07

 Estamos  no tempo da reciclagem e  das ajudas humanitárias , muito para além de ser algo de muito importante é necessário é chic . Dá "status" dar algo para a caridade .

   Todos os dias somos bombardiados com o " separar toca a todos " ou "ajude isto" "ajude aquilo""ajude aqueloutro", de tal forma que até o coração mais gélido ou a pessoa mais egocêntrica se vê tentada a entrar numa dessas campanhas , o problema é que não é assim tão fácil  !!! senão vejamos ...

        Oferecer moveis

     -  Há uns anos atráz um primo meu fez umas mudanças , mas como de costume , sobrou imensa coisa , coisas que ainda poderiam servir a alguem . em vez de fazer o que normalmente se deve fazer e deitar tudo para o lixo lembrou-se de ajudar alguem !!! foi então que foi a uma dessas instituições que arranjam coisas e vendem para ajudar os desfavorecidos  e ofereceu as coisas!!! o pior foi que além de ser muito mal recebido ainda disseram que se quisesse dar alguma coisa teria que as levar lá . Ok o meu primo lá arranjou uma carinha emprestada e foi lá levar umas coisas ( algumas delas bem boas ) e qual não foi o espanto dele quando foi novamente recebido de uma forma fria  e como se lhe tivessem a fazer um favor ao receber as coisas ...a partir desse dia o meu primo deita tudo o que não precisa para o lixo .

     Reciclar

   -Conheço um construtor que teve a ideia que tambem poderia contribuir para um futuro melhor de todos ,lembrou-se de separar todo o cartão e plastico produzido durante a construção de um prédio e o resultado foi uma garagem chaia de materia reciclavel. Telefonou para a camara municipal e disseram-lhe que era com os tipos da recolha dos pontos verdes ligou  para a  eles e disseram-lhe para colocar tudo num ecoponto , ele ripostou e disse que era muita coisa e lá o reencaminharam para outro numero onde disseram que fariam a recolha . Mas a recolha nunca foi feita . Depois de ter gasto inumeras chamadas e de terem sido marcadas varias datas para a recolha e não aparecer ninguem para o fazer o  construtor viu-se obrigado a alugar uns contentores de entulho e mandar tudo para o vazadouro pagando ainda uma avultada quantia pelo serviço e não aproveitando nada para reciclagem .

  Doações de  livros para os palop

 Fui um dia destes  a uma papelaria  e fiquei surpreendido ao ver muitas caixas nos corredores e ,curioso , perguntei o que se tratava e a senhora disse-me que são livros escolares que sobraram das encomendas de anos anteriores e que já não  pode devolver e decidiu oferecê-los  para as comunidades portuguesas em africa ou para ajuda  , fartou-se de ligar para virem buscar mas já passaram 3 meses e ninguem vêm buscar a senhora já diz que vai deitar tudo fora !!!

  Animais abandonados

Todos sabemos que um animal quando se adopta é para a vida , mas por vezes as coisas não são assim tão lineares... Um amnigo meu mudou de casa e no prédio que agora habita não aceitam animais de estimação , ele possuidor de um gato , teve que encontrar um novo lar para o animal . Procurou aos amigos , pôs anuncios mas não conseguiu um novo lar para o seu amigo de 4 patas e decidiu entrega-lo ao um canil . Qual foi o seu espanto quando teve que pagar cerca de 16 euros  para lá poder deixar o seu gato .

 

 Agora percebo porque há tanto abandono , muitos deles eram evitaveis mas alguns casos são uma obrigação porque a sociedade ainda não aceita os animais .

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



Passaram cá ...

counters


Mais sobre mim

foto do autor





Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D