Daisypath Anniversary tickers "... E de novo acredito que nada do que é importante se perde verdadeiramente. Apenas nos iludimos,julgando ser donos das coisas, dos instantes e dos outros. Comigo caminham todos os mortos que amei, todos os amigos que se afastaram, todos os dias felizes que se apagaram. Não perdi nada, apenas a ilusão de que tudo podia ser meu para sempre." Miguel sousa tavares
Mazorca d' Assuntos
Quarta-feira, 31 de Janeiro de 2018
Acordei

   

tumblr_lia9kpyVvM1qh8anwo1_500.jpg

 

Acordei , abri os olhos e vi teu belo rosto, ali a dormir como um anjo, por momentos julguei estar a sonhar, mas não, todos os dias têm sido assim , todos os dias acordo a olhar para ti , acordo contigo enroscada em mim!

   Descobri que o meu lugar não é um sitio mas uma pessoa , o meu lugar é ao pé de ti!

 Agora percebo que andei demasiado tempo a refugiar-me em  coisas, vivencias ou lugares, que apenas serviam para me distrair desta ausência que me acompanhava ... sim ... uma ausência que acompanha e se torna dolorosa!

 Vivia com a falta do que não conhecia , no entanto o meu interior sabia que um dia essa carência seria saciada!

Acordei , abri os olhos e percebi o quão feliz sou , o quão sortudo fui em encontrar alguém que me trouxesse tudo o que me faltava , que me tenha trazido consigo um novo mundo de sensações, sentimentos ,aromas, cores...

Acordei e percebi que andei a dormir demasiado tempo, que agora que descobri o que é viver já não quero abdicar !


tags:

samokal às 09:00
link do post | O teu contributo | favorito
partilhar

Sábado, 27 de Janeiro de 2018
A felicidade

paixao.jpg

 

A felicidade é caprichosa e dissimulada, esconde-se muitas vezes perto de nós sem sequer  lhe vermos a cor, aparece quando lhe convém, sem uma fonte de ignição precisa.

 O caminho que nos leva a encontra-la é por vezes tenebroso, não é seguramente o mais simples ou óbvio. Há escolhas a fazer , muitas vezes essas escolhas acabam por nos magoar, assustar , colocar á prova, mas não se pode ter tudo, nada se adquir de mão beijada, há uma altura em que temos que fazer escolhas , são por vezes as escolhas mais embaraçosas e  duras que nos abrem a passagem para esse estado de espírito tão almejado!

 

   Durante muito tempo percorri a vida de forma discreta, sem quebrar grandes laços, grande regras, julguei que fazendo tudo bem acabasse por ser bafejado por algo que me preenchesse, no entanto o percurso encaminhava-se assustadoramente para uma fase em que a esperança deixava de estar presente, em que a exigência era cada vez menor e as expectativas a desciam a pique.

  Longe estava eu de saber que iria estar sujeito á maior de todas as provações,  não imaginaria que em minha vida seria colocada a resposta a todos os meus desejos, no entanto para a alcançar teria que fazer tudo de maneira diferente: teria que quebrar regras , engolir o orgulho , pensar em mim e no que me fazia feliz , teria que fazer a escolha entre morrer todos os dias ou viver !

  Não foi fácil , tomei a decisão mais difícil : ir á luta , entregar-me ao que acredito, e de repente , na maior de todas as tempestades pelas quais já passei, reparei que o arco-íris estava ali , que o sorriso passou a ser constante porque vêm de dentro, que todas as batalhas , que todas as dificuldades só servem para fortalecer aquilo que me faz continuar...

Encontrei na maior  de todas as guerras o meu porto de abrigo , encontrei quem me protege e me dá animo, encontrei finalmente o que sempre procurei: A felicidade!

Sempre acreditei que não existia felicidade mas sim momentos felizes, mas agora sei que a felicidade é um estado de espírito , e que pode ser permanente , independentemente de tudo que rodeie. 



samokal às 19:58
link do post | O teu contributo | favorito
partilhar

Quarta-feira, 3 de Janeiro de 2018
Ano novo

Mais um ano chega ao fim, mais uma vez olho para o percurso feito e largo rasgados sorrisos, com momentos de grande felicidade, dos convivios com amigos, das viagens e das descobertas por este país fora.

Lembro-me também das aceleções cardíacas provocadas por sentimentos com todo o sentido .

Mas ao olhar para trás vejo também momentos de grande angústia, incerteza, desespero ou desanimo.

Foi um ano que viu partir  algumas pessoas que marcaram a minha vida de alguma forma,

em que deixei para trás alguns sonhos e projectos, onde reajustei as velas desta navegação que chamamos vida.

2017 ,como todos os outros anos, deixa gratas memórias, como deixa pesadas tristezas e desilusões.

Foi um ano tempestuoso, de grandes picos de emoções, uns dias pareci bater no fundo mas noutros julguei -me no topo do mundo .

Foi no fundo o reflexo daquilo que têm sido a minha vida, da forma como tenho encarado tudo que me rodeia, com as emoções sempre á flor da pele.

Agora redireciono o meu olhar para o ano que se avizinha,  vejo um bloco em branco que se chama 2018,

e desejo rascunhar uma bela historia , cujos alicerces já estão criados !



samokal às 01:33
link do post | O teu contributo | favorito
partilhar

Passaram cá ...
counters
pesquisar
 
ultimos posts

O nosso amor

Vento

A noite

Caminhando na penumbra

Ninguém sabe...

Sempre que me sinto trist...

Esquecido de mim

Afinal os contos de fadas...

Acordei

A felicidade

Ano novo

O coração

Este Natal

Amo-te

A escolha

Passeio nocturno

Desenquadrado

Momento

Hoje é um dia especial

Escolha

Dois meses

Viagem solitária

Dois minutos

Amanhã é outro dia

Nem sempre...

Tudo ou nada

Chegou a hora!

O telefonema

" Se te desse um beijo o ...

Eu estarei aqui, contempl...

Tralha antiga

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

.
subscrever feeds