Daisypath Anniversary tickers "... E de novo acredito que nada do que é importante se perde verdadeiramente. Apenas nos iludimos,julgando ser donos das coisas, dos instantes e dos outros. Comigo caminham todos os mortos que amei, todos os amigos que se afastaram, todos os dias felizes que se apagaram. Não perdi nada, apenas a ilusão de que tudo podia ser meu para sempre." Miguel sousa tavares
Mazorca d' Assuntos
Terça-feira, 31 de Maio de 2016
Meu lado penumbra

Dou por mim a perguntar-me do porquê do meu blog. Qual o objectivo, e de que se trata afinal. Tempos a tempos lá volta a mesma questão. De todas as vezes que o faço, acabo sempre por chegar a conclusões diferentes. Não será de todo descabido pensar, que isso acontece porque este espaço vai atravessando fazess diferentes . Nos mais de 9 anos de existência o meu blog passou, tal como eu, diversas transformações, Cresceu comigo, acompanhou-me em momentos melhores, mas sobretudo nos piores. É ao reler-me que pecebo o quanto uso este espaço como libertador de tensão. Ultimamente, de forma inconsciente, mostro um lado mais triste, mais melancólico e retrospectivo, será por ventura aquele lado que mais escondo no meu dia a dia. Reparo que não sou isto, ou melhor, este sou eu mas não da forma como os outros me vêm. Provavelmente quem me lê conhece-me melhor do que quem convive comigo, conhece mais o meu lado penumbra.



samokal às 00:29
link do post | O teu contributo | favorito
partilhar

Domingo, 29 de Maio de 2016
Desabafo

Por vezes paro para pensar um pouco sobre a minha vida ,  bem sei que o deveria fazer mais  mas até prefiro não o fazer, e chego á conclusão que pouca coisa alcancei, e nada posso dar por adquirido. 

Por vezes nem sei bem o que quero , embora já tenha percebido muito daquilo que não quero, ou já não quero!

 

Momentos tenho, em que julgo me arrepender de alguns passos dados, mas rapidamente percebo que não há lugar a arrependimentos ,  se aconteceu é porque tinha que acontecer .

Começo a acreditar que tudo vêm por alguma razão, muitos dos erros aparecem em forma de chamada de atenção para aquilo que era certo, e nem sequer havia reparado.

A vida prossegue , por vezes a uma velocidade supeiror á que conseguimos acompanhar ,coloca-nos no  caminho pessoas e oportunidades que por vezes não estamos preparados para as receber, não temos "backup" para desfrutar ou valorizar devidamente!

Dizem que o comboio não passa duas vezes, mas a mim parece-me que ele vai passando , por vezes apanhamos o errado, desviamo-nos do caminho que deveríamos seguir, mas conhecendo outros caminhos aprendemos a perceber aquele que é o nosso !

O meu comboio vai chegar, e desta vez terei a bagagem toda comigo, terei a coragem de entrar sem olhar para traz, a capacidade de entender que errei muito, que continuarei a errar, mas fui sempre verdadeiro.

Sei que ele já vêm a caminho...

 

 

Ps: abrigo do codigo internacional para desabafos, o texto apresentado não foi sujeito a edição, corte( e costura) ou qualquer outro tipo de artimanha que possa desvirtuar aquilo que é a generosidade e singularidade do momento!

 



samokal às 23:48
link do post | O teu contributo | favorito (1)
partilhar

Ser irrequieto

inquietude.jpg

 

 

Sou um ser inquieto por natureza ,  o meu maior dom  é também o maior castigo.

Não saberia  viver de outra forma, afogar-me-ia a navegar em aguas brandas .

É esta luta constante, dentro de mim, que me consegue retirar o melhor que tenho para dar, 

mas é também nas revoltas mais tensas que o pior de mim emerge subitamente.

Esta difícil forma de ser, transforma-me num complexo emaranhado de emoções,.

num imprevisível poço de acontecimentos novos e inesperados 

Não fosse assim, e não causaria o fascínio daqueles que caminham comigo, nesta tempestuosa caminhada!

Sendo diferente, não teria mantido á distancia quem nunca mereceu estar a meu lado!

Sou inconformado, agitado, sempre revolto, em mim fervilha o momento , a vida!

Mas vivo a entrega na integra, a plenitude da paixão, o fervor do instante!

Poucos entendem como se vive esta ambiguidade, que nos coloca num patamar de restrito acesso!

Mas não nasci para ser entendido, nasci para pôr intensidade em cada emoção!

 



samokal às 08:48
link do post | O teu contributo | favorito
partilhar

Sexta-feira, 27 de Maio de 2016
Recordo-me

tristeza.jpg

 

Recordo-me por vezes daquele tempo, agora  longínquo, tudo era perfeito e fascinante! 

Revejo crianças felizes a correr livres pelo campo, num mundo  viciante e cheio de surpresas.

Lembro-me quando os pensamentos não tinham fronteiras e os sonhos fervilhavam.

Agora, tudo  se tornou uma miragem, uma recordação dolorosa!

A estrada entretanto percorrida pesa agora sobre mim, 

desacelerou-me a marcha , que agora é lenta e sofrida.

Olhar  o horizonte nada traz de novo, prefiro agora  olhar para trás, para aquele tempo!

O tempo das flores de cheiro intenso , do céu  azul forte  e em que o som do mar  me embalava.

Quando os  amigos estavam sempre por perto e o amor era verdadeiro e real !

 

 

 

 

 

 



samokal às 22:42
link do post | O teu contributo | favorito
partilhar

Quarta-feira, 25 de Maio de 2016
Quanto tempo têm um ano ?

 

Quanto tempo têm um ano ? 

Têm, com certeza, muito para além dos 366 dias que o calendário riscou, têm muito mais do que os dias que foram passando a uma velocidade difícil de acompanhar .

Um ano têm a distancia que separa muita coisa que deixou de existir, têm a ousadia de enviar para a caixa das memorias tudo que antes era tão real! 

Sinto ainda como se tivesse sido ontem, mas no entanto uma eternidade  separa este tempo. A ampulheta não parou, e sua areia foi apagando aquilo que eu era, e deixou a descoberto aquilo que sou agora !

Um ano dá espaço para  muitas escolhas, para trilhar novos caminhos, mas não ensina quais as mais adequadas opções, os atalhos que nos levem ao destino que tanto desejo.

E agora outro ano começa a desbravar terreno , levando-me sei lá onde, talvez me continue a fazer caminhar para longe de mim , para longe do que eu  tanto queria !

 

004.JPG

 

                                                                                                                 um brinde a um ano melhor  

 



samokal às 00:01
link do post | O teu contributo | favorito
partilhar

Terça-feira, 17 de Maio de 2016
Seguindo em frente

Há letras , e palavras tão bem conjugadas que poarecem ter sido escrito de encomenda para nós .

Por um lado talvez seja um conforto perceber que não somos casos unicos , que a vida se repete em varios locais , com varias pessoas! 

Hoje não publico nada escrito por mim, partilho uma letra bastante conhecida , mas ao mesmo tempo muito forte!

 

"Ando devagar porque ja tive pressa
E levo esse sorriso porque já chorei demais...

Hoje me sinto mais forte
Mais feliz quem sabe?
Eu só levo a certeza do que muito pouco sei...
Ou nada sei...

Conhecer as manhãs e as manhãs...
O sabor das massas e das maçãs...
É preciso amor pra poder pulsar...
É preciso paz pra poder sorrir...
É preciso a chuva para florir...

Penso que cumprir a vida seja simplesmente
Compreender a marcha e ir tocando em frente...
Como um velho boiadeiro levando a boiada
Eu vou tocando os dias pela longa estrada
Eu vou...estrada eu sou...

Conhecer as manhãs e as manhãs...
O sabor das massas e das maçãs...
É preciso amor pra poder pulsar...
É preciso paz pra poder sorrir...
É preciso a chuva para florir...

Todo o mundo ama um dia...todo o mundo chora..
Um dia agente chega..o outro vai embora..
Cada um de nos compoe a sua historia..
E cada ser em si carrega o dom de ser capaz de ser feliz....

Conhecer as manhas e as manhãs...
O sabor das massas e das maçãs...
É preciso amor pra poder pulsar...
É preciso paz pra poder sorrir...
É preciso a chuva para florir...

Ando devagar porque ja tive pressa
E levo esse sorriso porque ja chorei demais...
Cada um de nos compoe a sua historia...
E cada ser em si carrega o dom de ser capaz...de ser feliz..."

Almir Sater



samokal às 17:27
link do post | O teu contributo | Outros contributos (2) | favorito
partilhar

Segunda-feira, 16 de Maio de 2016
O tempo

O tempo, esse cirúrgico e certeiro dono de todas as respostas,

Confirmador de tudo o que um dia foi apenas uma suspeita.

O tempo, esse sábio e dedicado professor,

que nos ensina a saber criar uma equidistância suficiente para apreciar o desenrolar da vida de uma forma menos apaixonado mas mais instrutiva

O tempo, esse fugaz maroto,

que nos coloca na vida a oportunidade de tirarmos a limpo tudo aquilo que um dia nos trouxe duvidas.

O tempo... Ai o tempo, que tão rápido passa, e quanto mais passa, mais desejamos que ele volte atrás!



samokal às 15:31
link do post | O teu contributo | favorito
partilhar

Domingo, 15 de Maio de 2016
Amor perdido

one.JPG

 

Foi no fim , na maior de todas as derrotas , que  iniciei a minha mais linda caminhada .

Foi quando achei que tudo tinha acabado, que consegui energia para prosseguir de uma forma melhor.

Foi no abismo da perca total que encontrei a luz , que descobri o amor . 

Foi na descoberta do que é verdadeiramente  amar, que percebi o sentido da vida.

Agora a vida deixou novamente de fazer sentido , não porque tenha deixado de amar , mas sim porque perdi o amor !



samokal às 10:05
link do post | O teu contributo | favorito
partilhar

Sábado, 14 de Maio de 2016
Quero-te

quero-te.jpg

 

Não preciso que o nosso amor seja eterno , não peço que seja para sempre !

Quero que enquanto dure seja intenso, seja verdadeiro !

Quero amar-te como se o amanhã não aconteça, viver cada momento como o ultimo!

Não quero que me prometas nada , nem que me cries expectativas .

Quero que te entregues enquanto assim o desejares 

que estejas comigo enquanto eu te fizer feliz !

Não quero o mais ou menos , ou  serviços mínimos !

Quero -te por completo , de corpo e alma !

Não quero que fiques porque amanhã pode ser melhor .

Quero-te porque hoje é tão bom !

Não te quero apenas ver feliz , 

quero ser o motivo da tua felicidade 

Não pretendo um conto de fadas ,

espero que me querias, assim como te quero a ti !



samokal às 15:49
link do post | O teu contributo | favorito
partilhar

Segunda-feira, 9 de Maio de 2016
O meu sorriso

tumblr_static_tumblr_static_700tmb8em1c8w0wowo400s

 

Talvez a vida se meça pela quantidade de sorrisos,

Sorrir faz bem, rir é um dos principais indicadores de felicidade!

Olho para o que têm sido a minha vida,  e salta-me logo á vista o facto de ter sido feliz muitas vezes durante muito tempo , se há algo que me identifique, esse algo é o sorriso fácil, generoso e abundante!

 

No entanto, reparo agora que essa minha característica se  têm vindo a desvanecer de forma bastante pronunciada,

analiso os meus dias,  e facilmente percebo que o sorriso deixou de ser uma constante,é agora esporádico e menos contagiante !

Talvez seja a dureza da vida o factor inibidor , talvez seja o peso dos anos  ou então ...talvez sejam as escolhas mal feitas !



samokal às 22:20
link do post | O teu contributo | favorito
partilhar

Quinta-feira, 5 de Maio de 2016
Aquele tempo

967c3a347f.jpg

 

Onde se perdeu aquele tempo onde éramos felizes, 

quando tudo que necessitávamos  era saber que estávamos lá um para o outro?

Onde ficaram os sorrisos espontâneos e os abraços apertados,

que foi feito da cumplicidade que havia quando nossos olhos se cruzavam?

como foi possível deixar que tudo se fosse desvanecendo até se tornar apenas uma memória!

Será que foram em vão todos os nossos momentos, quando nos sentíamos vivos de verdade,

quando não interessava o ontem nem o amanhã , só o agora e já contava !

Acreditei não haver prazo de validade para o nosso amor,

que seria um conto de fadas , o nosso conto de fadas sem um final feliz, porque o final não faria parte , apenas ser feliz!

Que poder julga ter  Universo para nos tirar o que é nosso por direito? 

Ou será que cada escolha feita nos foi afastando,  levando-nos por caminhos que nos separaram para sempre ...

Não acredito que tudo se tenha perdido, talvez porque em mim ainda está tudo muito vivo!

 

 

 



samokal às 21:56
link do post | O teu contributo | favorito
partilhar

Passaram cá ...
counters
pesquisar
 
ultimos posts

Parabéns

O nosso amor

Vento

A noite

Caminhando na penumbra

Ninguém sabe...

Sempre que me sinto trist...

Esquecido de mim

Afinal os contos de fadas...

Acordei

A felicidade

Ano novo

O coração

Este Natal

Amo-te

A escolha

Passeio nocturno

Desenquadrado

Momento

Hoje é um dia especial

Escolha

Dois meses

Viagem solitária

Dois minutos

Amanhã é outro dia

Nem sempre...

Tudo ou nada

Chegou a hora!

O telefonema

" Se te desse um beijo o ...

Tralha antiga

Janeiro 2019

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

.
subscrever feeds