Mazorca d' Assuntos
Sábado, 27 de Junho de 2015
Momento

Esta paixão que nos juntou jamais sai de dentro de mim 

tento em desespero arrancar  este sentimento 

mas é uma luta mal sucedida , não posso apagar tudo o que somos 

minha boca jamais consegue esquecer o sabor dos teus lábios 

o meu olhar procura ainda se cruzar com o teu 

o aconchego do teu abraço faz-se ainda sentir em minha pele 

a nossa lua continua a olhar para nós da mesma forma 

e o oceano que nos aproxima ainda não desistiu de nós

È uma luta inglória abdicar do que é tão nosso

 tentar esquecer os beijos sob e estrelado céu

silenciar  todos os momentos que gritam dentro de mim

quanto mais os reprimo mais fortes eles se tornam

 O silencio da tua ausência apenas serve para perceber que jamais se desvanece

o sabor do nosso amor,

a historia não acabou de ser escrita , ficará pela metade ...

agora o único caminho é a descer 

levo comigo a recordação do teu cheiro 

levo comigo o nosso ultimo beijo !



samokal às 13:43
link do post | O teu contributo | favorito (1)
partilhar

Terça-feira, 16 de Junho de 2015
Fim de linha...

Todas as ultimas distracções que busquei me foram mantendo afastado de mim, mas mais tarde ou mais cedo era inevitável este regresso.

Era óbvio que essa droga fosse em vão , apenas retardaria o processo!

Toda a carga  voltou novamente a pesar sobre mim, a solidão voltou a fazer-me encarar tudo o que sou, tudo o que deixei de ser.

Sou um projecto que se perdeu pelo caminho, que se foi tentando transformar em outras coisas mas que acabou por nunca ser nada!

 Tento sair de mim e ver ao meu redor mas sem resultados. O isolamento só me ofusca as saídas... a esperança.

Procuro em vão uma ancora que me mantenha agarrado á realidade, mas cada vez me solto mais em direcção ao abismo.

Procuro no passado uma força para o futuro, mas apenas me condiciono a agradecer tudo o que já me foi permitido viver e conhecer. O caminho parece estar feito e nada mais há a acrescentar...



samokal às 20:19
link do post | O teu contributo | favorito (1)
partilhar

Domingo, 14 de Junho de 2015
Silencio ruidoso

Mais uma vez a escuridão cai lá fora, com ela o silencio  desencadeia um mar de pensamentos.

Acendendo em mim todas as lembranças  das quais o ruído diurno me protege .

Voltam vários pedaços de tempo , bocadinhos de vida !

Sentimentos , sabores e cheiros que me fizeram sentir vivo, mas que já não existem mais .

Dou por mim a viajar por momentos que vivi, por momentos pelos quais nunca passei.

Por vivencias que nunca tive , apesar de as ter desejado em segredo.

Minha mente vagueia por todos os caminhos percorridos, dores sofridas  e percas irrecuperáveis. 

O silencio traz-me de volta a minha fraqueza , a minha pequenez perante tudo o que me rodeia , perante o meu destino!

Talvez na penumbra a minha força volte , talvez me devolva esperança e ofusque todos os meus medos... 

Resta esperar pela volta de um novo dia , e que a sua luz me mostre novamente o caminho e me traga as respostas.



samokal às 22:40
link do post | O teu contributo | favorito (1)
partilhar

Terra dos sonhos

Deambulas rebeldemente na terra perdida dos meus sonhos, 

numa simbiose imperfeita entre a realidade do sentimento e a mística ilusão do futuro.

Sinto que os meus sentidos,  as minhas emoções, não passam de uma gota de agua 

perdida nesse teu reino, que continuo incapaz de compreender.

 

A tua presença esbate a realidade , ofusca tudo o mais, centra todas as minhas atenções.

Mas na tua muito constante ausência, a solidão e tristeza encharca-me a alma de lágrimas.

 

A minha mente ainda não deixa de fantasiar com a tua vinda,

flutua pelo utópico momento em que passamos definitvamente a caminhar juntos

tornando-nos apenas um, mas cada vez é mais ténue a esperança de ver esse dia chegar.

  Talvez esse desejo seja um mar que me afogue antes que me possa levar até ti . 

 

 

 

 

 



samokal às 22:11
link do post | O teu contributo | favorito (1)
partilhar

Sexta-feira, 12 de Junho de 2015
Circulo fechado

A determinada altura da vida existe uma tendência para percorrer os mesmos caminhos, pisar em terreno seguro e conhecido. Sair fora do trilho começa a ser assustador e arriscado demais . A consequencia é entrar num circulo , que a cada passagem se vai observando o mesmo, sem novidades nem surpresas.

A vida é para quem se atreve , para quem se permite descobrir novos caminhos. Há que mudar de direcção se queremos um novo resultado e nunca é tarde para o fazer.



samokal às 20:57
link do post | O teu contributo | Outros contributos (1) | favorito
partilhar

Facilitismo

Estamos no tempo do facilitismo , da recompensa rápida.

A conquista deixou de ter valor, lutar por algo ( ou alguém ) dá muito trabalho,perde-se muito tempo.

Já não vale a pena se mostrar merecedor do que se deseja, é mais fácil mudar de alvo ou objectivo, desistir aquando das primeiras dificuldades ou exigências.

As pessoas erram, mas não percebem que os seus erros levam a abordagens mais cuidadas, e quem sabe a alguns testes de quem sofreu na pele esses erros!

No entanto ainda há quem continue e dar valor á conquista, á dificuldade, é apenas uma questão de procurar bem !



samokal às 19:27
link do post | O teu contributo | Outros contributos (1) | favorito
partilhar

Quarta-feira, 10 de Junho de 2015
E agora?

O fio condutor da vida é  definido e alinhado por objectivos. A vida deixa de fazer sentido quando se deixa de olhar sobre o horizonte e traçar uma meta.

  Durante a minha vida corri sempre atrás de algo , foi o meu combustível , uma vez atingido já tinha redefinido outro e outro. Felizmente tive a sorte, e quem sabe a determinação, de alcançar muito daquilo a que me propus...até que ... até que tudo desmoronou.

O forte fora afinal construído sobre um castelo de cartas,  não aguentou uma rajada de vento mais forte e tudo voltou rapidamente  á estaca zero!

Foram tempo difíceis, foram tempos em que o futuro era apenas o amanhã, que acordar já não tinha assim tanta importância.

  Houve então alguém que chegou á minha vida e estremeceu comigo , apontou-me o caminho , desafiou-me a ser eu novamente e delinear novos desejos , novas conquistas.

E assim , qual Fénix , renasci das cinzas , com uma força redobrada, e segui em frente , batalha por batalha até alcançar cada etapa , sempre com o olhar posto na próxima. A vida voltou a fazer sentido e a esperança era então a energia que me movia.

 Foi um época prospera, alegre , confiante  mas finita!  o mesmo alguém que me colocou no caminho também me conseguiu cortar as pernas,subtilmente mostrar que de nada adianta lutar porque o almejado premio é apenas uma ilusão , apenas uma utopia!  Rapidamente percebi que jamais iria alcançar a cenoura e que morreria de exaustão se não desistisse a tempo.

Agora  resta pouco, resta a ténue lembrança de tempos passados, existe o escuro do amanhã... 

   



samokal às 16:04
link do post | O teu contributo | favorito (1)
partilhar

Terça-feira, 2 de Junho de 2015
Dia da criança

    Este dia , tal como todos os outros comemorativos, é uma espécie de chamada de atenção para o que deve de ser todos os outros !

     As crianças são o futuro, mas também uma fase da vida que devemos tentar prolongar  até ao fim dos nossos dias .

     Acabam por serem as exigências da sociedade a cortar as características da chamada infância, e nos tornando cada vez mais sérios , mais cerebrais , mais cuidadosos, mais comedidos ...enfim...mais adultos!

    Chamar um adulto de criança é de certa forma uma ofensa , quando afinal todos desejamos não perder esse lado!

 Felizmente  ainda mantenho um lado bem juvenil , o que não me afecta muito , por vezes esqueço-me mesmo que o BI já marca um numero que não corresponde á forma como encaro certas situações.

  Ontem celebrou-se mais um dia da criança, e ao contrario do que deveria ser feito ( pelo menos é o que a maioria faz) não pus nenhum post no facebook com uma foto dos meus pequenotes a desejar um dia feliz, ou a dizer que cresceram tão rápido ou outra coisa do género , nem sequer comprei uns doces ou os levei a um local da praxe nestes dias , pai desnaturado!

 

 Ontem fui fazer com os meus filhos algo que já não fazia á algum tempo, fui jogar futebol... não fui para o parque , ou para o jardim , foi mesmo um jogo organizado , duas equipas , aluguer de campo e futebol á séria ... foi bonito , eu gostei e eles gostaram, ali estávamos nós , 3 crianças , a fazer aquilo que tanto gostamos. Não havia pais  nem filhos , nem tão pouco irmãos ...apenas mais 3 meninos, entre outros, a jogar uma futebolada!



samokal às 14:48
link do post | O teu contributo | Outros contributos (1) | favorito
partilhar

blogs SAPO
pesquisar
 
ultimos posts

O nosso amor

Vento

A noite

Caminhando na penumbra

Ninguém sabe...

Sempre que me sinto trist...

Esquecido de mim

Afinal os contos de fadas...

Acordei

A felicidade

Ano novo

O coração

Este Natal

Amo-te

A escolha

Passeio nocturno

Desenquadrado

Momento

Hoje é um dia especial

Escolha

Dois meses

Viagem solitária

Dois minutos

Amanhã é outro dia

Nem sempre...

Tudo ou nada

Chegou a hora!

O telefonema

" Se te desse um beijo o ...

Eu estarei aqui, contempl...

Tralha antiga

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

subscrever feeds