Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]


Daisypath Anniversary tickers "... E de novo acredito que nada do que é importante se perde verdadeiramente. Apenas nos iludimos,julgando ser donos das coisas, dos instantes e dos outros. Comigo caminham todos os mortos que amei, todos os amigos que se afastaram, todos os dias felizes que se apagaram. Não perdi nada, apenas a ilusão de que tudo podia ser meu para sempre." Miguel sousa tavares

Coração irreverente

por samokal, em 05.07.13

 

O velho dilema: coração ou razão?

 Porque têm o coração que desrespeitar todo o processo racional , não seguir as directrizes pensadas e delineadas com bases sustentáveis ...

Porque têm o coração que seguir uma lógica que só ele entende  e fechar os olhos a todos os avisos de alarme ou perigo .

Não seria tão mais fácil respeitar as ordens que são pensadas , reflectidas ?acatar as directrizes do cérebro que com maior facilidade analisa o que é melhor ou não para nós 

Porque há-de logo ser este o órgão mais irreverente de nosso corpo , aaquele que nos afunda e faz sofrer  mas  talvez aquele que nos proporciona os mementos de vida mais acutilantes ?

Talvez porque a própria vida sem irreverência e sem actos irreflectidos não tenha a mesma piada...

Autoria e outros dados (tags, etc)


2 comentários

Sem imagem de perfil

Cris a 03.12.2014

Já pensaste que o coração também pode ser razão? Que também tem inteligência? Claro que há sempre alturas em que as escolhas nos causam dor, mas essas escolhas tanto podem vir do coração como da cabeça. De qualquer forma, mesmo que se utilize a razão, há alturas em que se tem que escolher com o coração.
Imagem de perfil

samokal a 05.12.2014

Talvez seja as alturas que se escolhe sem a ajuda do coração que tudo corre pior

Comentar post



Passaram cá ...

counters


Mais sobre mim

foto do autor





Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D