Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]


Daisypath Anniversary tickers "... E de novo acredito que nada do que é importante se perde verdadeiramente. Apenas nos iludimos,julgando ser donos das coisas, dos instantes e dos outros. Comigo caminham todos os mortos que amei, todos os amigos que se afastaram, todos os dias felizes que se apagaram. Não perdi nada, apenas a ilusão de que tudo podia ser meu para sempre." Miguel sousa tavares

Riqueza

por samokal, em 21.10.12

A minha riqueza  a minha vivencia , o que vivi, o que conheci , o que li ,o que senti .

O meu maior bem é o que sou enquanto pessoa , enquanto ser humano .

 O maior  erro da humanidade é julgar que a riqueza está nos bens materiais ,

tudo nos pode ser tirado menos o que somos e as recordações que possuímos !



 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


2 comentários

Sem imagem de perfil

Fátima Soares a 21.10.2012

Olá! Desculpa discordar num ponto. Penso que nos podem tirar também p que somos (embora saibamos o que somos) mas sabes que infelizmente o que importa e não devia ser é a opinião da maioria sobre nós e se nos podem tirar a dignidade? O direito ao "bom nome" para recuperar a credibilidade e tudo o que "éramos" antes mesmo que nunca do deixássemos de ser sempre para nós e cá dentro é difícil Quase impossível. E as recordações que possuímos, talvez. Se tivermos a sorte de nunca sofrer de Alzheimer com o tempo. Se a nossa capacidade de lidar com as coisas não ficar comprometida a ponto de ser melhor esquecer "certas" memórias que antes nos eram gratas e hoje se tornam um pesadelo hediondo. Por favor perdoe-me de deixar aqui a minha opinião e não o faço por vaidade ou orgulho, ou querer evidenciar-me mas porque penso assim mesmo. É triste que na verdade nos possam tirar tudo. Até a identidade. Hoje em dia tudo é possível e nós como ser uma alvo demasiadamente fácil para o que nos é "alheio" sejam outras pessoas seja até o meio. Ou a doença. Beijinho desculpe a franqueza sim. Bom Domingo.
Imagem de perfil

samokal a 22.10.2012

Penso que quando perdermos as recordações e o a nossa essência (todo o conhecimento adquirido) deixamos de ser nós próprios e passamos a ser apenas um corpo sem alma .

obrigado por mostrar o seu ponto de vista ~

cumprimentos e uma boa semana

Comentar post



Passaram cá ...

counters


Mais sobre mim

foto do autor





Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D