Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Espelho

por samokal, em 02.08.21

Ontem olhei-te espelho, e fiquei confuso com a imagem que me devolveste !

Quem era aquele homem de meia idade, de traços marcados no rosto,  cabelo ralo e grisalho que me mostraste?!


Afinal onde está a imagem que te enviei? Aquele miúdo que ainda há pouco tempo olhava para a vida de uma forma apaixonada, sonhadora e livre, de coração aberto, a fervilhar de emoção por cada pequena decisão, por cada nova aspiração ou projecto !


Onde, entre mim e  ti, se perdeu esse miúdo?
Estas-me a querer impingir alguém que não sou, alguém que aos poucos foi desistindo de seus sonhos, foi ficando amargurado com as perdas , cansado com o peso que ser adulto  trouxe.


Não espelho, não me tentes enganar, eu sei quem sou, sou o mesmo miúdo, mas um pouco mais maduro, contente por ter chegado até aqui graças a todas as decisões tomadas, rico pelas conquistas que conseguiu alcançar, e conformado por saber que nem todas as batalhas poderiam ter sido ganhas .
Vou-te virar costas espelho, e seguir o meu caminho, porque continuo a sonhar!

Autoria e outros dados (tags, etc)

Começa bem assim ?

por samokal, em 12.11.19

Embrenhado nos meus pensamentos, pego mecanicamente no copo de Jack, que se encontra a meu lado, dou um trago que me anestesia mais um pouco desta vida que está longe de ser a que um dia desejei!

    Vários  momentos passam na minha mente, de forma confusa e rápida , saltitando entre distintas fases da minha existência!

    Toca o telefone,  como um despertador, traz-me  de volta á realidade, olho para a mesa onde o aparelho continua a entoar aquela melodia que já não consigo suportar, decido não atender, não me apetece, no entanto fico alerta, quem será a esta hora?

    Reparo então que a televisão continua acesa, ali como silenciosa companheira, pela janela as cores que anunciam um novo dia começam a dar novos tons á sala, que agora parece imensa.

     O telefone toca de novo, observa-o, como se conseguisse assim obter alguma informação, pego então nele, não conheço o numero, o que me adensa ainda mais o espanto, intrigado atendo ...

Mal eu sabia que aquele telefonema me mudaria o resto da vida...

Autoria e outros dados (tags, etc)

E de repente...

por samokal, em 24.09.19

"E de repente tudo vai ficando tão simples...
Vamos perdendo as necessidades, vai-se reduzindo a bagagem.
As opiniões dos outros, são realmente dos outros, mesmo que seja sobre nós,
não tem a mesma importância.
Vamos abrindo mão das certezas, porque já não temos a certeza de nada.
E isso não faz a menor falta.
Paramos de julgar, pois já não existe certo ou errado e sim a vida que cada um escolheu seguir.
Por fim entendemos que tudo o que importa é ter paz e sossego,
é viver intensamente sem medo, é fazer o que nos alegra naquele momento, e só!"
Elaine Matos

Autoria e outros dados (tags, etc)

Mudança

por samokal, em 20.07.19

A verdadeira mudança dá-se incoscientemente, um dia paramos em frente ao espelho e percebemos que já não somos a mesma pessoa, que entretanto crescemos, deixámos para trás tanta coisa e escolhemos outras.

Durante toda a vida quis mudar, quiseram-me mudar, mas na realidade isso nunca foi possível, por muito que fosse o esforço ou a boa vontade a verdadeira mudança vêm de dentro e passa despercebida, sermos nós a querer mudar as regras do jogo nãos nos leva a lado algum, apenas nos enganamos julgando sermos donos de tudo.

Já mudei muito, já não sou o mesmo, sou resultado de tudo o que vivi, e de muito o que vi,  sou feliz por perceber que assim é e me aceitar tal como sou! 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Novas tecnologias

por samokal, em 20.07.19

Já tive almoços em agradável companhia de amigos que se encontravam a muitos quilómetros de distância, assim como já almocei com pessoas que estiveram ausentes o tempo todo, apesar do seu corpo estar ali ao pé de mim!

A realidade é esta, é não há muito como fugir dela, as redes sociais, o telemóvel  e todas as outras tecnologias que pusemos ao nosso dispor nos dIs de hoje tornaram a convivência entre os sete humanos muito diferente daquilo que já o foi no passado. 

 A forma mais simples é culpar as tecnologias pelo afastamento das pessoas, o pela forma como elas lidam entre si, mas na realidade nDa mudou, antes de tudo está o ser humano, é ele quem define a forma como utiliza os meios a seu dispor, é ele quem faz as escolhas, tudo o resto é apenas uma ferramenta... 

Se olharmos bem, a forma como se tem acesso a esta vasta oferta de  socialização só vêm acelerar o processo de análise sobre quem temos á nossa frente. 

Bem utilizadas as tecnologias são sempre benéficas! 

Autoria e outros dados (tags, etc)

De mão dada

por samokal, em 22.06.19

IMG-20180703-WA0073.jpg

 

Percorri caminhos que não me levaram a lado nenhum

julguei conhecer seus perigos , seus contornos, como a palma da minha mão

sentia  cada pequena pedra , molhei meus pés em muitos charcos  e sequei-os com o pó que fui encontrando

entrei nesse percurso a grande velocidade,  de coração cheio de esperança, corpo forte e aparentemente inabalável.

distraído , fui passando sem olhar em redor , tinha pressa em chegar ...

mas aos pouco fui perdendo o fulgor, o passo foi diminuindo

cansado, acabei por  fazer pequenas paragens , 

nelas fui reparando em quem passava , quem, como eu, corria atrás de algo

ou quem caminhava calmamente com ar sôfrego, tez desgastada, olhos no chão

 foi num desses intervalos que algo estranho chamou a minha atenção...

vi alguém que caminhava calmamente , de sorriso tranquilo na cara , parava constantemente , e contemplava o seu redor.

despertou-me a curiosidade ,o meu olhar não se conseguiu mais desviar , em contraste , na minha cabeça vários pensamentos , questões , duvidas e curiosidades  se despertaram.

reparei então que viajava com alguém , suas mãos entrelaçadas...

ganhei coragem e questionei-o.

Porque viaja tão devagar ? assim nunca vai chegar ao seu destino?

ele  sorriu , olhou calmamente em sua volta, fixando-se finalmente no olhar de quem o acompanhava... depois olhou ternamente para mim e disse:

Querido jovem, o nosso destino é o lugar onde nos sentimos bem. Há quem nunca o encontre , há quem o encontre por casualidade , há quem nem sequer saiba bem o que é , outros nem sequer reparam quando por  ele passam ...

querido jovem , eu felizmente descobri que o meu lugar é ao lado de quem me faz feliz , de quem me completa , de quem faz de cada dia um dia que vale a pena ser vivido , o meu lugar é junto de quem desperta todos os meus sentidos e torna melhor tudo o que me rodeia.

querido jovem , eu descobri que o meu lugar é o amor , e uma vez encontrado já tenho tudo que preciso para poder caminhar tranquilamente , apreciando cada instante , cada crepúsculo, cada chilrear , cada brisa ou cada raio de sol.

querido jovem , não corra , não tenha pressa, olhe à sua volta , deixe-se ver, e encontre a sua alma gémea, perceba que a riqueza está na viagem e não no destino, que o amor esta nas pequenas coisas e não no fim de tudo!

Hoje , recordando esse conselho , agarro carinhosamente a mão da minha companheira de viagem, respiro fundo , sentido cada aroma, cada néctar,  contemplo cada pormenor da paisagem que me deslumbra a cada cor, cada textura , cada diferença e percebo cada letra da palavra amar !

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Parabéns

por samokal, em 12.01.19

          Hoje é o teu dia,  hoje seria um dia de juntares os amigos ,

de festejares o teu aniversario numa mesa cheia de gente , comida , bebida e muito convívio ,

era assim que gostavas, foi assim que viveste a tua vida!

      Vivo um misto de emoções que não sei descrever , nem tão pouco definir,

não sei estou infeliz por não estares aqui, pela saudade que não desarma,

  por esta ausência que nunca foi compensada!

não sei se estou feliz por ter sido abençoado pela tua presença, ainda que curta, no meu crescimento,

por ainda hoje transportar comigo muito de ti, por me rever em ti a cada nova etapa da minha vida ,

nos pequenos e nos grandes gestos!

   No meu coração continua por sarar esta enorme ferida que deixaste à tua partida,

continuo a esperar o teu conselho  a cada decisão, vejo-me a pensar o que farias no meu lugar a cada duvida.

 Mas hoje é dia de celebrar o teu nascimento, de celebrar a vida que tiveste ,

de agradecer tudo que partilhaste com quem se cruzou no teu caminho!

  Nenhum outro homem marcou a minha vida como marcaste,

mas também outras vidas ficaram marcadas pelo tua generosidade, carácter, positividade, humor e bom senso!

Hoje, abraçado a tantas lembranças que continuam tão presentes,

celebro o dia  que faz anos do teu nascimento! 

Até já querido pai !





Autoria e outros dados (tags, etc)

O nosso amor

por samokal, em 16.03.18

 

valentine-tree-love-leaf-hearts-12840583-1024x1009

 

Algures ,  em tempo indeterminado , uma semente foi largada.

Sem nos aperceber-mos ela não morreu, pelo contrario germinou, 

Algures, sem darmos por isso , fomos-la regando, dando-lhe alimento.

sem nos apercebermos ela cresceu ,  deixou de passar indiferente

Algures, sem qualquer aviso, essa semente se tornou numa bela planta 

ganhou forma e floriu,  passou a se tornar o centro das nossas atenções

agora, a todo o momento, colhemos os frutos dessa linda planta

apreciamos o seu doce néctar de mãos dadas

agora, mais do que nunca, continuaremos a cuidar dela

um dia será um bela árvore, com raízes tão fortes que nenhuma tempestade a conseguirá derrubar.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Vento

por samokal, em 07.02.18

n4efiockd.jpg

 

Agora sopra um vento em palavras nada ocas
O sol   aparece todas as manhãs, deixei de sentir o frio
é nas tuas  palavras que aqueço a alma
na partilha dos teus pensamentos que eu sorrio,
E quando o vento parece ressurgir com alguma força
Lembro-me das coisas mais loucas, das nossas coisas...
 sopr, mas num vento ameno, uma doce brisa na minha direção
Bate no meu rosto com suavidade, fecho os olhos em sinto-o
Por muito que sopre, ou mesmo que desapareça agora,  já me conquistou
Sei.. és  tu passando suavemente, declarando-te a cada sopro! 
 
 
 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

A noite

por samokal, em 06.02.18

aconchego.jpg_480_480_0_64000_0_1_0.jpg

 

Todos os dias espero serenamente o dia acabar,
vislumbro na noite a calma de um mar chão, rio parado
Num pequeno recanto do meu eu há ainda o deslumbramento do teu sorriso
as recordações de serões intensos, feitos de beijos mel, de abraços sal
do calor que me protege do Inverno, do aconchego que me embala.
Espero a noite, com ela chegas tu para não mais me deixares só.
Contigo acaba o frio sem vento , o sol que não aquece 
Aprecio o teu olhar, nele vejo a beleza de um sol dourado,
espelhado em aguas serenas á espera que a noite chegue
Agradeço a aragem amena que sinto no teu aconchego, 
Espero por novamente te afagar suavemente , de te sentir adormecer no meu colo.
Todos os dias espero serenamente o dia acabar,
descobri que é a noite que te traz até mim , alimentando-me a alma!
 
 
 
 
 
 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:



Mais sobre mim

foto do autor





Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2011
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2010
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2009
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2008
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2007
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D