Daisypath Anniversary tickers "... E de novo acredito que nada do que é importante se perde verdadeiramente. Apenas nos iludimos,julgando ser donos das coisas, dos instantes e dos outros. Comigo caminham todos os mortos que amei, todos os amigos que se afastaram, todos os dias felizes que se apagaram. Não perdi nada, apenas a ilusão de que tudo podia ser meu para sempre." Miguel sousa tavares
Mazorca d' Assuntos
Terça-feira, 26 de Julho de 2016
Tenho saudades

x880.jpg

 

As saudades vão batendo, umas vezes chegam em doces lembranças, outras, dissimuladas em aromas, outras ainda acompanhadas de melodias que um dia  foram tão nossas .

Por vezes dá-me uma louca  vontade  de quebrar as regras, entrar pela tua porta e  arrancar-te dessa vida longe da minha. 

Dá-me vontade de te despir dessa capa que julgas proteger-te, colocar-te debaixo do chuveiro e tirar-te essa ilusão que criaste.

Quero talvez  mostrar-te a força do que somos juntos, que esta forma de continuar a vida não é de todo a melhor para nenhum de nós dois.

Duvido que o teu sorriso continue tão genuíno e espontâneo como era, tal como o meu já não é.

Não podemos continuar a viver de sorrisos mornos quando sabemos  como lhes dar cor.

O orgulho esta-nos a minar de dentro para fora, já nos conseguiu tirar o brilho dos olhos, a alegria dos pequenos nadas, a leveza do amor!

As saudades vão batendo, por vezes dá um nó enorme no estômago , uma vontade incontrolável de voltar atrás no tempo , de sentir novamente o teu toque , ouvir as nossas gargalhadas em uníssono, relembrar a mulher que eras quando me amavas , do teu abraço  e até dos momentos em que me corrigias , que te chateavas comigo, que ficavas nervosa só porque eu nem te levava a serio... 

 

Tenho saudades , saudades de tudo que fomos e deixámos perder !

 

 



samokal às 08:15
link do post | O teu contributo | favorito (1)
| | partilhar

1:
De Sus a 26 de Julho de 2016 às 08:19
impressionante como entendo o tão bem o que dizes.

"Não podemos continuar a viver de sorrisos mornos quando sabemos como lhes dar cor." simplesmente magnifico


De samokal a 26 de Julho de 2016 às 19:17
È bom saber que alguem nos lê e entende o que escrevemos !

Obrigado pelo feedback e por passares sempre por aqui, o meu blog com a tua presença fica mais rico e embora eu escreva um pouco para mim é sempre gratificante ter alguem que nos segue e aprecia, dá outro animo para continuar!

bjinhos


De Cristal a 26 de Julho de 2016 às 21:15
Costumo lêr em silêncio e sem nada comentar. Hoje, deu-me vontade de comentar a este texto que nos deixa a pensar. Sou perita em quebrar regras daí ter a alcunha de furacão. Nunca segui regras impostas só que chega o momento que a desmotivação nos faz enfraquecer e questionar se vale a pena continuar a quebrar as regras e alimentar certas situações. Gastar energias quando a luta é só de um e olhar a postura egoista do outro. Chego à conclusão que mais vale um sorriso forçado do que a inquietação quando algo tão simples é pedido e desvalorizado e banalizado. E acredito na frase" a mulher que tu és" e não "na mulher que tu eras". Afinal quando se ama vai-se à luta e não se ficano comodismo. Isto é a minha humilde opinião na forma de ver e sentir.
Um bem haja
Cristal


De samokal a 27 de Julho de 2016 às 23:31
Não devemos quebrar regras só porque sim , quebrar regras é seguiras nossas proprias e não as dos outros.

Têm razão quanto á entrega só ser util quando ha feed back, não adianta alimentar o que quer morrer á fome !

Obrigado por comentar.


Opinar sobre post

Passaram cá ...
counters
pesquisar
 
ultimos posts

O telefonema

Estranho eu

Bem vindos ao baile de má...

Aproximação aos "Entas"

Significado do dia

Apenas tu

Vivo

Verão

Cansado

Vejo-me ao espelho

Momentos

O fogo

Somos pequenos momentos

Pausa

Vocês são incomparáveis

O tempo passa..

Os meninos de hoje

Letra do dia

Carta de reclamação sobre...

Coração

Viver

Dia 9 -Chegada

Dia 8 Vila nova de Milfon...

Dia 7- faro

Sexto dia - Sevilha

Dia 5 - Ronda

Quarto dia- motril

terceiro dia -Forte bravo

Segundo dia- A chegada a ...

Primeiro dia

Tralha antiga

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

.
subscrever feeds